Médico morto em assalto no Acre é homenageado com nome em hospital de Feijó

O médico Rosaldo Aguiar, conhecido como “doutor Baba”, recebeu mais uma homenagem após morrer durante um assalto no dia 27 de outubro do ano passado em Feijó, no interior do Acre. A lei foi sancionada pelo ex-governador Tião Viana. A lei alterou o nome do Hospital Geral de Feijó para Hospital Geral de Feijó Dr. Baba – Rosaldo Firmo de Aguiar França.

A lei nº 3.464 foi publicada na edição do dia 27 de dezembro de 2018 do Diário Oficial do Estado (DOE). O projeto de lei é de autoria do deputado Jesus Sérgio (PDT/AC) e já havia sido aprovada na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac).

“Quando jovem, o doutor Baba prestou grande serviço em Tarauacá através da inclusão social de jovens e crianças. Depois que se formou em medicina, ele fez um excelente trabalho tanto em Tarauacá, com atendimento humanizado, como em Feijó, onde ele se tornou o médico da família. Atendia mesmo fora do expediente, os ribeirinhos, fez um barco grande para atender. Era um médico que fazia além do óbvio e do necessário”, disse o deputado.

O médico já havia recebido uma homenagem ao ter o nome fixado em uma praça da cidade de Tarauacá, também no interior do estado. A indicação foi apresentada pelo vereador Antônio Araújo, conhecido como “Príncipe” (PT). A praça está sendo construída no bairro Praia.

Assuntos desta notícia