Rio-branquenses já começam a pagar mais barato no preço da gasolina e do diesel

JOSÉ PINHEIRO

O anúncio de redução nos preços dos combustíveis feito no último dia 1º já começou a surtir efeitos nos principais postos de combustíveis de Rio Branco. De acordo com a Petrobras o preço do diesel teve queda de 6% e 7,16% na gasolina nas refinarias, o que seria repassado às distribuidoras e ao consumidor final.
Consultado, o Sindicato dos Postos de Combustíveis do Acre (Sindepac) disse que os preços começam a baixar a partir do momento em que os donos de postos vão adquirindo novo estoque, isso porque existe a cobrança de impostos sobre o produto já adquirido na tabela de preço antiga. O ICMS, por exemplo, é um desses impostos.
O Sindicato também informou que não há como controlar o preço do produto nas bombas, sendo que os postos obedecem ao mercado. “O Sindepac não faz média de preços. É que o sindicato não tem o poder de determinar, orientar e nem de sugerir preços. Cada estabelecimento obedece às leis de mercado. Portanto, utiliza o preço de acordo com o seu custo de operacionalização (frete, preço comprado nas Distribuidoras, gasto com funcionamento…)”, pontua o Sindicato, por meio de sua assessoria.
Em Rio Branco, com a redução, o preço da gasolina pode ser encontrado por R$ 4,90 e 4,85 em alguns estabelecimentos. De forma gradual, o preço vai se ajustando ao que determinou a Petrobras.
Com a demora para o repasse da redução ao consumidor, a promotora de Justiça, da Promotoria Especializada do Ministério Público do Acre, Alessandra Garcia Marques, disse que iria começar a notificar todos os postos de combustíveis para a observância aos novos percentuais de redução. “Eu vou notificar todos a prestar declarações no MP, enquanto fazemos a pesquisa”, relatou.

Assuntos desta notícia