GAZETINHAS – 20-07-2019

*Ainda rendendo os desdobramentos da Operação Troia, realizada, no início da semana, pela Polícia Federal, em parceria com o Gaeco, do Ministério Público Estadual.
*Enquanto, no mundo do crime, as execuções são as respostas das facções para o resultado da operação…
*No mundo da lei, a OAB-Acre também reagiu, com uma dura nota, em relação às afirmações do delegado responsável pelo caso, Fares Feghali, e a alguns pontos ainda controversos da investigação.
*Para a OAB acreana, o delegado colocou sob suspeição toda a advocacia criminal do Estado ao declarar que “advogados” atuaram como mensageiros, na deflagração de uma série de crimes.
*A seccional do Acre questiona que, se assim fosse, diante do suposto envolvimento com crimes tão graves, por qual motivo os ditos advogados não tiveram prisão decretada…
*E denuncia ainda a falta de acesso aos autos da investigação, “cujo conteúdo é absolutamente desconhecido”.
*É, tem quem apurar direitinho isso aí.
*Corporativismos à parte, está correta a instituição acreana em exigir transparência e correção nas denúncias.
*O crime deve ser combatido com rigor, e a lei, cumprida;
*Mas não cabe a autoridades, sejam delegados, tampouco juízes, emitirem opiniões pessoais e levianas, sob a pena do linchamento moral precipitado de uma pessoa, ou de uma classe de modo geral.
*Parece que estão aprendendo com um certo governador boquinha nervosa por aqui…
*Tsc, tsc, tsc.
*Enfim.
*Quase tudo acertado para a entrada do ex-reitor da Ufac, Minoru Kimpara, no PSDB.
*Segundo o vice-governador Major Rocha, um dos maiores entusiastas da candidatura de Minoru à prefeitura de Rio Branco, a filiação é apenas questão de “ajustes”.
*Se assim for feito, o futuro candidato tucano entrará com um dos favoritos na disputa.
*Além do forte apoio dos irmãos Rocha, Minoru chegará com o bom capital político conquistado na última eleição…
*Uma votação, de fato, surpreendente;
*E com a vantagem competitiva de ser um candidato “limpo”, uma proposta de renovação que tem surtido bom efeito nas urnas.
*Resta saber se aguentará o jogo duro, sujo, desgastante, dos muitos adversários que devem surgir até lá.
*No ritmo em que a política local está, a pré-campanha começará muito cedo.
*Vamos acompanhar.
*E o prefeito Mazinho Serafim, hein?
*Gato doido!
*Invadiu o estúdio de uma rádio de Sena Madureira e descatitou em cima de um vereador que usava o microfone para fazer críticas à gestão municipal.
*Diante do barraco, a emissora precisou tirar o programa do ar.
*Mazinho sendo Mazinho.
*Se essa moda pega, hein…

Assuntos desta notícia