GAZETINHAS – 02-08-2019

*Eita, que agosto chegou com tudo!
*Muitos bafões na política local…
*Com direito até a uma nova estremecida na relação entre Executivo e Legislativo estadual.
*Depois da polêmica do jatinho, os ânimos ficaram acirrados, novamente, ontem, na Casa do Povo…
*Dessa vez, por conta de uma declaração do governador Gladson Cameli, que sugeriu cortar a verba de R$ 700 mil prometida à Mesa Diretora.
*Não demorou muito para o deputado Roberto Duarte tomar as dores dos colegas e questionar o propósito da medida:
* “É uma chantagem ou uma ameaça?”, questionou o gaúcho, referindo-se a uma suposta retaliação do governador ao fato de os deputados (a começar por ele) terem rebatido ferozmente a famigerada licitação para contratação do jatinho.
*A defesa de Duarte ganhou apoio de todos os parlamentares;
*(Por motivos óbvios).
*Inclusive do presidente da Aleac, deputado Nicolau Júnior, que é cunhado de Gladson.
* “O Legislativo é um poder independente e deve ser respeitado!”, afirmou Nicolau.
*Picuinhas políticas à parte, um posicionamento assertivo e coerente, aliás como tem sido, de modo geral, a postura do parlamentar à frente da presidência da Casa.
*Uma surpresa para muitos que pensaram que o jovem deputado, pela ligação familiar com o governador, agiria como mais um puxa-saco ou moleque de recados.
*Enfim.
*Em meio à iminência de mais uma crise entre os poderes, dizem as boas línguas que quem anda,de novo,de cabelo em pé é o deputado Luís Tchê.
* “Estupefato com as atitudes recentes do governador que ele precisa defender”, conta uma fonte ligada à Aleac.
*Cricricri.
*Como bem disse o experiente deputado Edvaldo Magalhães:
*Gladson conseguiu “espatifar”, em 10 minutos, todo o trabalho de Tchê, dos últimos meses, para fortalecer a base.
*E se o governo seguir no ritmo em que está, terá ainda muito mais trabalho e retrabalho pela frente.
*Secretária estadual de Empreendedorismo, Eliane Sinhasique, está rindo à toa.
*Apesar dos pesares, a Expoacre 2019 pegou vento e surpreendeu, na última quarta-feira, com o recorde de público no show da cantora Marília Mendonça.
*Dezessete mil pessoas.
*Era gente que não acabava mais mesmo no Parque de Exposição.
*Como nos velhos tempos…
*Bonito de ser ver mesmo.
*E entre os empresários, o ânimo também começa a melhorar, com os bons resultados de negócios que estão sendo vistos, este ano, na feira.
*Não é aquela maravilha que costuma ser divulgada pela assessoria governamental.
*Mas, números, de fato, bem mais positivos do que o ano anterior.
*É bom pra todo mundo.
*Vamos em frente.

Assuntos desta notícia