Gazetinhas – 11-12-2019

*Que ritmo de férias, que nada.
*Na última semana de atividades legislativas, nossos deputados terão que trabalhar dobrado para convencer os servidores da Saúde de mais um projeto polêmico proposto pelo Executivo.
*A criação do chamado Instituto de Gestão de Saúde do Acre está sendo vista por eles como uma estratégia do governo para a temida terceirização do setor.
*E, de fato, é!
*O líder do governo, deputado Gehlen Diniz, bem que tentou dourar a pílula, durante a sessão de ontem, diante dos novos protestos.
*Disse que o projeto ainda não havia nem ao menos chegado ao Legislativo…
*Que os servidores estão sendo enganados e manobrados, com fins eleitoreiros, pelo deputado Jenílson…
*Huuum.
*Mas, ao tecer explicações um pouco mais aprofundadas, não conseguiu esconder o óbvio:
*O Instituto é uma proposta de alteração do Pró-Saúde, mas sim (!) com o propósito de administrar algumas unidades do setor…
*Segundo ele, de “modo experimental”, um “piloto”.
*Piloto da privatização, deputado?
*Enfim.
*Polêmicas e picuinhas políticas à parte, que a situação do Pró-Saúde precisar ser regularizada e que a Saúde precisa de mudanças enérgicas de gestão para melhorar os serviços, disso não dá pra discordar do deputado Gehlen.
*Ele só precisará encontrar um modo de explicar para os eleitores porque antes (no governo anterior) era contra e agora é tão a favor da terceirização.
*Mais do que isso, o líder do governo terá a árdua missão de mediar (se é que é possível) mais uma trapalhada de comunicação e diálogo da Casa Civil, tanto com os servidores, quanto com os próprios parlamentares…
*E, mais uma vez, em torno de uma matéria tão sensível, de forte apelo popular, como é esta da terceirização.
*Assessores da Casa do Povo apostam, inclusive, que o governo possa sofrer uma nova derrota na votação, uma vez que até parlamentares da base estão muito incomodados em colocar, novamente, o nome em risco junto a uma categoria tão importante.
*Faria todo o sentido.
*Vamos acompanhar.
*Em meio a cartazes e gritos de protesto, na sessão de ontem, paparazzis não deixaram passar despercebido o novo visual do deputado Roberto Duarte.
*Cara fechada, de óculos escuros espelhados, em plena sessão…
*Tsc, tsc, tsc.
*Parecia um integrante do “MIB, os homens de preto”.
*O Dim não perdoa:
* “Deve ter ido caçar o filhote de bebê monstro”!
*Ah, para com isso!
*Olha, que o deputado Whendy Lima te pega.
*Ririri.

Assuntos desta notícia