Deputado denuncia cobrança de propina no governo de Gladson Cameli

O deputado estadual Fagner Calegário (PL) fez uma grave denúncia na sessão desta terça-feira, 18, contra o governo de Gladson Cameli.

Segundo Calegário, existem representantes do governo à procura de empresários para cobrar propina de 20% para que sejam realizados pagamentos pendentes. E ameaçou: “Quero que alguém o governo diga que eu tenho que provar”.

“É bom que vamos prestar esclarecimentos no foro legítimo que é a polícia. Existe gente em nome do governo pedindo 20% para poder resolver questão de pagamento. Isso é muito grave”, acrescentou.

O deputado leu durante sua apresentação uma suposta conversa de um dos agentes do governo e um empresário.

“Quem parte e reparte fica com a maior parte. Se não fica, é burro ou não entende da arte”, diz o trecho da mensagem.

A denúncia não foi rebatida pelo líder do governo, Gerlen Diniz (Progressistas), nem por nenhum outro deputado da base do governo Gladson.

À reportagem, a porta-voz do governo, Mirla Miranda, se limitou a dizer: “Sem comentários”.

 

Assuntos desta notícia