Precisa descer do jatinho

O governador Gladson Cameli precisa descer do jatinho de suas incontáveis viagens e , além do uso de óculos, vestir o manto da humildade para reconhecer que sua administração não está bem e precisa melhorar e muito neste segundo ano de mandato.

Como se está divulgando, a pesquisa Real/Time Big Data apontou uma queda significativa em sua popularidade, registrando que 35% dos entrevistados consideram sua popularidade ruim e péssima e apenas 27% a consideram boa.

Para quem se elegeu no primeiro turno, com uma popularidade com quase 80% esses números deveriam ser preocupantes e atestam outra realidade, quando a pesquisa aborda a transferência de votos nas próximas eleições para prefeitos, em que 49% disseram que não apoiariam o candidato com o seu aval ou apoio.

Essa queda de popularidade, aliás, é confirmada também quando a pesquisa aborda o desempenho de seu Governo nos diversos setores da administração pública, como na Saúde, na Segurança, na geração de emprego e renda, entre outros. Todos insatisfatórios.

Até se compreenderia se relevaria que o primeiro ano foi, como se costuma dizer para “arrumar a casa” e por em prática suas principais metas de Governo. Porém, não foi o que se assistiu. O que se viu foi uma bagunça de troca-troca de secretários e assessores e, com uma ou outra exceção, os problemas se agravaram em setores nevrálgicos como os Saúde e Segurança Pública.

Não se trata de fazer oposição. Trata-se de mostrar a realidade e a sociedade cobrar, exigir um melhorar desempenho de sua administração.

Assuntos desta notícia