Papa Francisco agradece esforços na luta contra o coronavírus

Ao finalizar sua catequese da Audiência Geral desta quarta-feira, 11 de março, o Papa Francisco agradeceu a todos os agentes de saúde e voluntários que estão empregando todos os esforços para conter a epidemia de coronavírus COVID-19.

“Neste momento, gostaria de me dirigir a todas as pessoas infectadas com o vírus e que sofrem com a doença, e a tantos que sofrem incertezas sobre a doença. Agradeço de coração aos funcionários do hospital: aos médicos, enfermeiros e enfermeiras, aos voluntários que nestes momentos tão difíceis estão junto com as pessoas que sofrem”, afirmou o Santo Padre.

“Agradeço a todos os cristãos, a todos os homens e mulheres de boa vontade que rezam por este momento. Todos unidos, independentemente da tradição religiosa a qual pertencem. Obrigado de coração por esse esforço”, foram as palavras do Pontífice.

O Pontífice presidiu a Audiência Geral na Biblioteca do Palácio Apostólico, porque o Vaticano suspendeu todos os atos públicos como medida de prevenção contra o COVID-19.

Além disso, a Praça e a Basílica de São Pedro estão fechadas ao público e as Missas foram suspensas em toda a Itália.

O Papa Francisco confia à proteção especial da Virgem Maria a cidade de Roma, toda a Itália e o mundo durante esses dias de emergência de saúde causada pela epidemia de coronavírus COVID-19.

“Nestes dias de emergência de saúde, o Santo Padre confia à cidade, a Itália e o mundo à proteção da Mãe de Deus, como sinal de salvação e esperança”, destacou o diretor da Sala de Imprensa da Santa Sé, Matteo Bruni.

No Ângelus, no domingo, 8 de março, o Santo Padre rezou pela primeira vez a oração mariana na biblioteca do Palácio Apostólico, e não da janela, como costuma fazer. Nessa transmissão, o Pontífice apareceu ao lado de uma imagem de Nossa Senhora do Divino Amor, padroeira de Roma.

Já o primeiro caso de coronavírus no Brasil, causou a resposta imediata da Igreja que anunciou algumas mudanças nos ritos litúrgicos, assistência nas missas e outras atividades pastorais para prevenir e combater a propagação do vírus Covid-19.

Algumas Arquidioceses, Dioceses e Prelazias pelo país, estão emitindo  um comunicado aos sacerdotes e ministros para que aconselhem e orientem os fiéis a receberem a Eucaristia em suas mãos, para que evitem o abraço e o aperto de mão como gesto de paz e o dar as mãos durante a oração do Pai-Nosso.

E mais uma coisa: você sabe como se prevenir de doenças causadas por coronavírus, as principais medidas básicas são:

– Evitar contato próximo com pessoas que apresentam infecções respiratórias;

Lavar bem as mãos;

– Evitar tocar os olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos;

– Evitar compartilhamento de objetos de uso pessoal, tais como copos e talheres;

– Evitar contato com animais doentes;

– Cozinhar bem ovos e carne.

Lembrando que em caso de alguns sintomas causados pelos coronavírus, como tosse, dificuldade respiratória, falta de ar, febre ou mesmo casos de síndromes respiratórias mais graves, procurem imediatamente atendimento médico.

Meus irmãos e irmãs, também não podemos esquecer de tantas outras doenças que assolam nosso país: bairros sem infraestrutura e com esgotos a céu aberto, onde crianças costuma brincar nas proximidades; rios, córregos e igarapés contaminados por lixos jogados as margens. Sem esquecer é claro e de modo mais particular, a dengue, que tem se alastrado pelo país com mais de 50 mil casos somente neste inicio de ano até o momento.

Enfim, que possamos rezemos por todas as vítimas do coronavirus, da dengue e outras enfermidades, e que São Miguel Arcanjo nos proteja e no defenda de qualquer mal em nossas vidas. Que o Bom Deus lhe abençoe grandemente!!! Paz e Bem.

Adaptado: https://www.vaticannews.va

 

Frei Paulo Roberto, Ordem dos Frades Menores Capuchinhos – OFM Cap.

Pároco da Paróquia de Nossa Senhora Aparecida – Petrópolis – RJ

Colaborador do Núcleo em Formação da Fraternidade da Ordem Franciscana

Secular-OFS, na Diocese de Rio Branco-AC

Encontro todo 3º Domingo do mês na Paróquia Santa Inês, às 09h00.

Assuntos desta notícia