Acre registra primeira morte da pandemia do coronavírus

Uma idosa de 79 anos morreu na UPA do Segundo Distrito de Rio Branco. Trata-se da primeira morte confirmada de Covid-19 no Acre. A informação é da Secretaria estadual de Saúde (Sesacre). O óbito ocorreu às 13h15 desta segunda-feira, 6.

Paciente morreu na UPA do Segundo Distrito, unidade referência da doença; ela estava internada desde sexta (Foto Acervo Secom Acre)

A paciente havia sido internada por volta das 13h da última sexta-feira, dia 3, na unidade hospitalar. Ela apresentava uma forte crise de dispneia (respiração irregular e ofegante), além de tosse e falta de apetite, todos os sintomas para a infecção por coronavírus. Seu teste deu positivo.

A senhora era aposentada, cadeirante, tinha quadro de hipertensão e diabetes. Sua saúde era debilitada, inspirava muitos cuidados.

A idosa foi prontamente internada e estava em estado grave, respirando por aparelhos até o início da tarde desta segunda-feira, 6.

Com a morte da aposentada, o Acre registra o primeiro óbito causado pela pandemia. Era um dos últimos estados que não havia registrado nenhuma morte.

Assuntos desta notícia