Coluna Theodoro – 01/04/2020

Ajuda solidária
O Centro Universitário Uninorte doou mais de 43 mil itens de proteção pessoal para a Prefeitura de Rio Branco, o Hospital de Urgência e Emergência e o Hospital Santa Juliana. Os itens foram divididos entre as três instituições com o intuito de reforçar os estoques dos materiais. Foram doadas luvas, toucas, máscaras, aventais, todos os materiais necessários para que o trabalho seja realizado com segurança.
Para Ricardo Leite, reitor da instituição, a Uninorte não possui apenas o compromisso de formar profissionais, mas de contribuir para o bem-estar da sociedade, ajudando no que for necessário.

Seguindo a regra!
A procuradora-geral de Justiça, Kátia Rejane de Araújo Rodrigues, assegurou que o Ministério Público do Estado do Acre (MPAC) vai continuar pautando a sua atuação no que se refere ao coronavírus de acordo com as recomendações das autoridades de saúde.
A orientação tem sido compartilhada com membros e integrantes de sua equipe durante reuniões realizadas por videoconferência.

SENAC CURSOS

Para auxiliar a sociedade neste momento de quarentena e preocupado em fornecer conteúdo de qualidade à população, o Senac EAD disponibiliza, gratuitamente, 20 cursos, entre extensão universitária e livres com certificado, válido em todo o território nacional.

SENAC CURSOS II
A iniciativa da instituição reforça que a educação é um dos principais meios para o desenvolvimento da comunidade e que deve ser contínua, mesmo que em casa, considerando o cenário do País de isolamento social por conta do coronavírus e
seguindo as orientações dos órgãos de saúde. A experiência nesta modalidade se deu em 1947 com a Universidade do Ar, em parceria com o Sesc, que ministrava cursos por meio do rádio.

Ele funciona!
O ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, tem sido aplaudido por todos por sua postura sincera diante da crise do coronavírus.
Por isso mesmo, a sua declaração de que o sistema de saúde estará estrangulado até o mês que vem assustou a sociedade.
Segundo ele, o Brasil poderá atingir, no mês que vem, a situação vivida hoje na Itália ou na China durante os meses de janeiro e fevereiro.

O mala sem alça!
Bolsonaro continua sua trajetória insensata na Presidência da República. Ninguém mais o leva a sério. Disse que a pandemia é uma “gripezinha”.

Mais de 300 mil pessoas foram infectadas e quase 15 mil morreram no mundo, mas o brasileiro continua a fazer chacota.
Enquanto as autoridades responsáveis do mundo recomendam que todos entrem em quarentena durante este período crítico, Bolsonaro vai para uma rede de rádio e televisão dizer que as pessoas têm de voltar ao normal e suspender o isolamento
recomendado, de forma acertada, pelos governadores.

O mala sem alça II
Jair Bolsonaro é uma ameaça concreta ao Brasil, às nossas instituições, à recuperação econômica e, agora, à saúde pública. É necessário urgentemente algum tipo de ação legal para que esta escalada seja interrompida. Nos últimos três meses, Bolsonaro atacou sistematicamente os valores consubstanciados na Constituição de 1988. Ora era a liberdade de imprensa e a virulência verbal e covarde contra as jornalistas, ora ao transformar um torturador, responsável durante quatro anos pelo DOI-CODI de São Paulo, onde dezenas e dezenas de brasileiros foram torturados e assassinados, em herói nacional. E ainda apoia declarações reacionárias dos seus ministros, especialmente o da Educação.

A fé abalada!
O coronavírus tem dividido a opinião nas igrejas. Enquanto o bispo Edir Macedo, da Universal do Reino de Deus, diz que a Covid-19 “representa um apavoramento que não condiz com a realidade”, o arcebispo de São Paulo, dom Odílo Scherer, afirma que o “desprezo sobre a ciência é grande e pode provocar consequências desastrosas”. Rezar não faz mal!

A fé abalada II
Essa discussão tem levado a um impasse religioso: as igrejas devem permanecer fechadas na pandemia de coronavírus?
Os evangélicos, como Bolsonaro, acham que não. Já os católicos recomendam que as missas sejam transmitidas pela Internet.
Fechar os templos parece ser a decisão acertada. Afinal, a aglomeração de pessoas nos cultos pode ser fatal.

Flashback da Coluna Theodoro Vip em tempos de coronovírus


Meu amigo Osmir Lima foi o grande aniversariante do final de semana. A Academia te manda um forte abraço. Parabéns!

Assuntos desta notícia