Ex-governador Jorge Viana é mais um curado de coronavírus no Acre

O ex-senador Jorge Viana postou texto em sua página no Facebook afirmando também estar curado do novo coronavírus.  Jorge Viana contou que recebeu o teste negativo da doença com muito alívio.

Jorge Viana se mostrou aliviado após teste dar negativo para o vírus, agradeceu mensagens de apoio e pediu mais valorização aos profissionais da saúde (Foto: Acervo Pessoal)

Ele agradeceu todas as orações pela saúde e mensagens de apoio e melhoras neste período em que esteve doente. E frisou a importância de valorizar os profissionais da Saúde neste momento complicado que o Brasil está vivendo, em que a pandemia só cresce.

O ex-governador acreano que ficou sozinho, em isolamento, por mais de duas semanas. Ele disse que o período lhe trouxe muitas reflexão e pensamentos negativos: “Foi difícil e muito sofrido, pior que as 5 malárias que já tive. Tive medo e me senti ameaçado, foi terrível”.

Jorge Viana havia sido diagnosticado com a doença no dia 19, após participar de evento com outra pessoa que testou positivo para o coronavírus, que foi o senhor Manoel José, 81 anos, presidente da Cooperacre. Ele, aliás, também já está curado da doença.

 

Confira abaixo a postagem de Jorge Viana na íntegra:

Graças a Deus, estou curado da Covid-19. E quero expressar minha gratidão a todos os amigos e parentes que me ajudaram. Quero falar abertamente o que aprendi com essa doença.

O coronavírus é traiçoeiro. Você não sente nada quando pega, você passa sem saber. Quando adoece, você corre risco de vida. Não apenas os idosos ou pessoas do grupo de risco. Já temos aí o triste exemplo de vários jovens e até crianças que morreram pela Covid-19. Essa doença não poupa ninguém e nem tem fronteiras. Está em todo canto. É a maior tragédia da humanidade no nosso tempo. Essa doença mata!

Graças a Deus estou curado! Agradeço todas as manifestações de solidariedade, não tenho palavras para agradecer o carinho e a amizade de vocês. Agradeço quem rezou, quem orou.

Fiquei mais de duas semanas isolado, sozinho em casa. Foi difícil e muito sofrido, pior que as 5 malárias que já tive. Tive medo e me senti ameaçado, foi terrível. Foram dias muito solitários e de reflexão sobre o medo de não poder mais estar vivo. E também sobre o que isso tudo pode nos trazer de ensinamentos. Pensei muito nas pessoas que também estavam e estão passando o mesmo. Mas Deus, mais uma vez, me deu forças!

Repito: essa doença mata. Nossos pais, nossos avós, nossos idosos, são os mais ameaçados. Cuidem deles, por favor. Precisamos ficar unidos e trabalhar pra vencer essa pandemia. Lutar juntos é a nossa única chance.

Sigo cumprindo o isolamento social, mas estou colaborando de forma voluntária com o Presidente do Congresso, Davi Alcolumbre, que também adoeceu. Quero ajudar nossas autoridades na implementação de ações que possam socorrer o nosso povo. O dinheiro de ajuda federal e dos governos precisa chegar na casa das pessoas, antes do vírus.

Devemos agradecer os profissionais da saúde, todos que trabalham em serviços essenciais e que correm riscos para nos proteger.

Vamos seguir juntos obedecendo às autoridades da saúde. Que Deus nos ajude! #ficaemcasa #vida #saude #covid19 #coronavírus

Assuntos desta notícia