Gazetinhas – 30-04-2020

*Abre, não abre, abre, não abre…
*E parece que vai abrir.
*Todo mundo de olho nas próximas decisões do governador Gladson Cameli sobre a revogação ou não do decreto que impôs as regras de quarentena, no Acre.
*Pressionado pelos empresários, que estão (com razão) preocupados com a situação econômica do Estado, o governo teria sinalizado que o comércio deve voltar a abrir, a partir da semana que vem.
* “Com os devidos cuidados sanitários”…
*E blá, blá, blá.
*Aquele discurso oficial de sempre.
*O problema é que, na prática, essas determinações não têm sido levadas tão a sério como deveriam.
*Tampouco, estão sendo fiscalizadas do modo correto e necessário pelo Poder Executivo.
*É só sair às ruas para ver.
*A circulação de carros e de gente, em Rio Branco, não lembra nem de longe as imagens impactantes do “isolamento” que são mostradas em outras cidades do Brasil e do mundo.
*É só passar em frente às agências da Caixa Econômica, com filas quilométricas, sem os mínimos dos cuidados básicos exigidos pela OMS…
*Dá pra ouvir as risadas do coronavírus pairando no ar.
*Agora, uma agência menos, né?
*Já que uma das unidades precisou ser fechada devido à contaminação de uma funcionária pelo vírus.
*Socorrooooo!!!
*E as autoridades acham mesmo que será possível flexibilizar o decreto porque as pessoas cumprirão as novas regras direitinho?
*Bom, o Ministério Público Federal não acha.
*E já encaminhou uma notificação ao governador para saber como está sendo feito o controle das atividades comerciais não essenciais, de acordo com o que manda o tal decreto.
*O órgão quer saber quantas multas foram aplicadas, durante este período de quarentena;
*(Se foram).
*E como o Comitê Especial da Covid-19 tem acompanhado “os resultados do engajamento e do nível de educação comunitária no enfrentamento da pandemia”, para permitir (ou não) a reabertura do comércio.
*O prazo para resposta é de 24 horas.
*E, no ponto em que estamos da curva de crescimento da pandemia, deveria ser compartilhada publicamente.
*Bom, só pra registrar:
*O Acre bateu, ontem, o recorde do número de casos confirmados de coronavírus em um único dia:
*Foram 37 testes positivos.
*No total, já são 18 mortes.
*Em meio ao caos social e econômico, o desespero dos comerciantes é compreensível e desolador;
*E a decisão do governador, das mais difíceis.
*Mas, diante da situação da nossa Saúde Pública, a ponderação é inevitável:
*Estamos preparados para enterrar nossos mortos em “trincheiras” de valas comuns como estão fazendo os manauaras?
*É preciso contar com essa variante aí.

 

Assuntos desta notícia