Gehlen Diniz apresenta projeto que prevê redução de 50% do salário de parlamentares por 3 meses

O líder do governo na Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), deputado Gehlen Diniz (PP), apresentou durante sessão desta terça-feira, 7, um Projeto de Lei que versa sobre a redução de 50% do salário dos parlamentares, por um período de três meses. O progressista defende que o valor arrecadado seja revertido em alimentos para famílias carentes.

Se aprovado, o PL vai gerar um montante de R$ 650 mil e, de acordo com a matéria da Lei, a verba será destinada para a aquisição de cestas básicas que serão distribuídas para famílias carentes e instituições filantrópicas reconhecidas por lei.

“A pandemia que atravessamos nesse momento exige esse sacrifício de nós. Não existe nenhuma motivação que não seja ajudar aqueles que precisam. Me proponho em retirar o projeto do meu nome para que todos assinem, minha intenção é ajudar as pessoas. Sei que os senhores já estão ajudando, mas com a aprovação dessa PL, poderemos ajudar 3600 famílias carentes, ao todo, mais de 10 mil famílias serão atendidas”, explicou.

Diniz seguiu explicando que a principal justificativa para a aprovação do projeto é evitar que famílias carentes passem fome. Ele ressaltou que o Poder Legislativo Acreano tem se mostrado engajado em ações que contribuam com a população e que alguns deputados já sinalizaram positivamente para a aprovação da matéria.

“Alguns deputados já sinalizaram positivamente e peço a todos que avaliem bem, pois o que importa agora é a ação de todos nós. Minha intenção não é revanchismo, eu temo pela vida dos nossos irmãos acreanos. Não estou espalhando pânico, mas se nesse momento não formos capazes de estendermos as mãos a quem precisa, quando seremos? Esqueçam política, o que precisamos agora é de união”, pediu.

Assuntos desta notícia