Sem água não dá

Como enfrentar uma pandemia de coronavírus sem água? Os acreanos tiveram que descobrir isso da pior maneira esta semana. Uma falha na entrega de um dos produtos químicos usados no tratamento de água deixou vários bairros desabastecidos em Rio Branco. Foram dias sem cair água na torneira de milhares de lares na cidade.

Isso não pode acontecer. Autoridades tão empenhadas contra o vírus, e aí vem esse revés!

Vivemos dias difíceis, lutando contra uma doença viral que está desafiando a ciência. Nem tratamento eficaz contra ela existe ainda. A única forma de defesa que a humanidade tem contra o novo coronavírus é a prevenção pessoal. Reforçar a higienização em casa. Não dá pra fazer isso sem água. É impossível. Quem mexe com esse sistema tem de estar ciente disso.

Até princípio de motim, com mais de 50 presos feridos, foi ocasionado devido a esta situação. Imaginem, então, uma hospital sem água.

O abastecimento em Rio Branco não pode se dar ao luxo de falhar nesse momento. Deve ter mais reservas emergenciais, planos A, B, C, até o Z, se for preciso, para evitar problemas assim. Já é árdua a missão de conscientizar as pessoas das medidas que devem ser tomadas contra o coronavírus. A falta de água quebra o ritmo da população. Pode fazer com que todos relaxem, em um estágio da pandemia em que os esforços devem é ser redobrados.

Assuntos desta notícia