Grupo Carrefour Brasil beneficia Amazônia Legal com cestas básicas e máscaras de proteção

São Paulo, 26 de junho de 2020 – Por meio de sua campanha ‘Compra Solidária’, que apoia pessoas em vulnerabilidade social durante a pandemia, com a doação de alimentos e máscaras de proteção, o Grupo Carrefour Brasil está atuando fortemente na Amazônia Legal, uma das mais afetadas pela covid-19, beneficiando governos, prefeituras, bancos de alimentos municipais e organizações como a Fundação Amazonas Sustentável (FAS). Até o momento, 10.700 mil cestas básicas e 70 mil máscaras de proteção já foram encaminhadas a esses públicos, o que representa aproximadamente R﹩ 780 mil em doações. Nas próximas semanas, estão previstos outros R$ 750 mil, que devem ser revertidos em 15.240 cestas básicas, totalizando 26 mil kits para a região. Há ainda a perspectiva de doação de R$ 2 milhões em cartões Vale-Alimentação (20 mil unidades), a serem enviados a instituições beneficentes parceiras do grupo na campanha, o que significa que cerca de R$ 3,5 milhões serão destinados a estados como Amazonas, Pará, Amapá, Acre, Mato Grosso e Maranhão.

Para ajudar no enfrentamento à pandemia, cerca de R$ 3,5 milhões serão destinados aos estados do Amazonas, Pará, Amapá, Acre, Mato Grosso e Maranhão (Foto: Divulgação)

Segundo um estudo do Epicenter (Centro de Epidemiologia e Pesquisa Clínica) da Escola de Medicina da PUC-PR (Pontifícia Universidade Católica do Paraná), realizado do inicio de junho, a partir de dados do Ministério da Saúde, a região Norte seria o epicentro da pandemia do novo coronavírus no Brasil. “Por ser uma região mais carente, com condições econômicas desfavoráveis, a assistência médica à população acaba ficando comprometida, e, por isso, estamos concentrando esforços no local”, informa Stéphane Engelhard, vice-presidente de Relações Institucionais do Grupo Carrefour Brasil. Em meados de junho, o executivo viajou à Ilha de Marajó/PA, junto à comitiva do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, para acompanhar, pessoalmente, as doações de cestas básicas à população ribeirinha de Afuá.

Em maio, a companhia doou 50 mil máscaras cirúrgicas descartáveis, com dupla filtragem, além de cinco mil máscaras de acrílico, para a Secretaria Estadual de Saúde do Amazonas, para utilização no Sistema Único de Saúde (SUS) de Manaus. Além disso, no âmbito do projeto ‘Sua Máscara Solidária’, que visa à geração de renda para mulheres em situação de vulnerabilidade social, o grupo também destinou 15 mil máscaras feitas de tecido duplo, de acordo com todas as orientações dos órgãos de saúde, a lideranças indígenas da região amazônica, e a locais como Terras Indígenas de Rondônia/RO e Parque Nacional Indígena do Xingu/MT.

A ONG Doutores da Amazônia, que atua na assistência a populações indígenas desfavorecidas de regiões de difícil acesso, foi a responsável pela distribuição das máscaras nestas localidades, para tentar frear o avanço da Covid-19 entre diferentes etnias. Segundo dados da Sesai (Secretaria Especial de Saúde Indígena) / Ministério da Saúde, mais de 4.200 mil indígenas testaram positivo até o dia 22 de junho, enquanto 566 são casos suspeitos e 119 óbitos foram registrados nas aldeias brasileiras.

Embora a fase de arrecadação da campanha ‘Compra Solidária’ tenha sido encerrada no dia 15 de junho, a destinação dos recursos aos beneficiados está em pleno andamento. Somadas, as doações do grupo, clientes e fornecedores estão estimadas em R﹩ 22 milhões, e a expectativa com o final da campanha é alcançar 500 mil cestas, a serem doadas a famílias e pessoas impactadas pela pandemia, em âmbito nacional. Mais de 600 mil pessoas já foram beneficiadas com cestas básicas e máscaras de proteção até o momento. (Assessoria de Comunicação Grupo Carrefour Brasil)

Assuntos desta notícia