Prefeitura de Rio Branco faz entrega de cestas básicas para artistas

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Fundação de Cultura, Esporte e Lazer Garibaldi Brasil (FGB), em parceria com a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Sasdh), realizou nas últimas duas semanas a entrega de 157 cestas básicas para artistas que estão passando por um momento de vulnerabilidade na pandemia.

Nas últimas duas semanas foram entregues 157 cestas básicas para artistas que estão passando por um momento de vulnerabilidade na pandemia (Fotos: Geovana Farias / FGB)

“A prefeita Socorro Neri tem feito várias ações no momento de pandemia, e a entrega de cestas básicas é apenas uma delas. A contribuição é para as famílias que realmente estão precisando e não estão podendo exercer a mínima atividade econômica que faziam antes da pandemia. Além das cestas básicas, entregamos também álcool em gel e máscaras para idosos, doentes crônicos, deficientes e famílias que estão extremamente vulneráveis”, enfatizou a gestora da SASDH, Núbia Musis.

O presidente da FGB, Sérgio de Carvalho, destaca que essas ações têm a intenção de minimizar um pouco os impactos tão duros de toda essa crise para os artistas.

“A gente sabe que a cultura foi violentamente impactada com esse momento de pandemia. Os artistas precisam do público, das casas de show e teatros para ter renda, então toda uma cadeia, inclusive de técnicos, está sendo muito prejudicada. A prefeita Socorro Neri está atenta a essa necessidade desse público, por isso, incentivou a criação de um festival online – o FestVida –, que foi um sucesso e contemplou 50 artistas da cidade. Agora, com essa parceria com a SASDH, fizemos um sistema de cadastro de pessoas que realmente estavam precisando”.

A artista Núbia Alves foi uma das contempladas e destacou a importância de receber essa ajuda: “Em um momento como esse que a gente não pode nem ir nem vir, e que não podemos exercer nossos trabalhos, é de uma importância muito grandiosa saber que eu, como artista, estou sendo resguardada com apoio da gestão pública”. (Geovana Farias, Assessoria da Fundação Garibaldi Brasil)

Assuntos desta notícia