Prefeitura distribui máscaras a pessoas em estado de vulnerabilidade social com apoio da Igreja

A Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Sasdh), vem executado uma série de ações que visam fortalecer o combate a pandemia do novo coronavírus no município com foco nas populações em estado de vulnerabilidade social. Entre as quais consta a distribuição de máscaras de pano a comunidades carentes, em parceria com a Igreja Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Secretaria Núbia Fernanda Musis destacou a importância da união para que a população de Rio Branco enfrente esse período de pandemia (Foto: Assis Lima / Ascom PMRB)

As máscaras foram fabricadas por iniciativa da Igreja, através do projeto Mãos que Ajudam, onde a instituição religiosa atua em todo território nacional com ajuda humanitária. O trabalho em Rio Branco é fruto de uma parceria com a Prefeitura.

O presidente da Estaca Rio Branco como é denominada a pessoa que coordena o conjunto de 11 igrejas Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, Lenilton Neto, disse que o Senhor Jesus deseja que sejamos abençoado e que possamos acima de tudo compartilhar o seu amor para com o próximo. “Ele, o salvador, deu o exemplo perfeito. Entregou a própria vida para nos salvar”, completou.

Nesta remessa foram entregues centenas de peças para a Sasdh, onde os servidores entregaram as máscaras de casa em casa. A secretaria Núbia Fernanda Musis, comentou a importância da parceria.

“Por orientação da prefeita Socorro Neri estamos realizando várias ações, alternativas no combate à Covid-19 como: entrega de máscaras e cestas básicas para crianças e adolescentes, além de pessoas em situação de rua”, observou Núbia.

Mãos que Ajudam – É um programa permanente de ajuda humanitária e de serviço comunitário, que mobiliza milhares de voluntários de todas as idades, membros da Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias, no Brasil, estendendo a mão a quem precisa. Foi criado em agosto de 2000, com uma proposta permanente de ajuda humanitária e de serviço comunitário que mobiliza milhares de voluntários, membros e amigos da Igreja, bem como, ONGs e outras instituições religiosas. (Assessoria da Prefeitura de Rio Branco)

Assuntos desta notícia