Coluna Luiz Theodoro – 22/07/2020

Luto brasileiro I

O Brasil já soma 80.251 vidas perdidas pelo novo coronavírus e 2.121.645 pessoas infectadas, segundo dados do levantamento realizado pelo EstadãoG1O GloboExtraFolha e UOL junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgado na noite desta segunda-feira, 20. Dados atualizados até as 20h mostram que, nas últimas 24 horas, foram registrados 718 novos óbitos e 21.749 casos de contaminação pela covid-19. Nos últimos sete dias, o Brasil registrou uma média diária de 1.047 óbitos por covid-19.

Luto brasileiro II 

O Brasil é o segundo País do mundo com maior número de casos e mortes por covid-19, atrás apenas dos Estados Unidos, que possuem 3,8 milhões de infecções confirmadas e 140 mil óbitos, de acordo com a Universidade Johns Hopkins. Os números podem ser muito maiores que os registrados, já que o Brasil testa pouco a sua população. O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os jornalistas dos seis meios de comunicação, que uniram forças para coletar junto às secretarias estaduais de Saúde e divulgar os números totais de mortos e contaminados.

Luto brasileiro III

A iniciativa inédita é uma resposta à decisão do governo Jair Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia, o que ocorreu a partir da semana passada. Mesmo com o recuo do Ministério da Saúde, que voltou a divulgar o consolidado de casos e mortes, o consórcio dos veículos de imprensa segue com o objetivo de informar os brasileiros sobre a evolução da covid-19 no País, cumprindo o papel de dar transparência aos dados públicos.

A esperança I

A vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pela Universidade de Oxford é segura e consegue treinar o sistema imunológico humano para produzir anticorpos

É o que aponta um estudo divulgado pela revista científica The Lancet, baseado em testes com 1.077 voluntários realizados entre 23 de abril e 21 de maio, no Reino Unido. A vacina é uma das mais promissoras para combater o novo coronavírus e está na terceira e última fase de estudos clínicos, quando é avaliada sua eficácia para imunizar seres humanos. Essa etapa acontece simultaneamente no Reino Unido, no Brasil e na África do Sul.

A esperança II

Os resultados da pesquisa divulgada pela Lancet se referem à primeira e à segunda fase dos estudos clínicos, quando foram analisadas, respectivamente, a segurança da vacina – como possíveis efeitos colaterais – e a capacidade de produzir uma reação do sistema imunológico.

“A ChAdOx1 nCoV-19 [nome da vacina de Oxford] mostrou um perfil de segurança aceitável e um homólogo aumento na resposta de anticorpos”, diz a pesquisa, que, embora promissora, ainda não pode ser considerada definitiva.

Fora do eixo

A ex-ministra do Meio Ambiente e ex-presidenciável Marina Silva (Rede) afirma que não adiantará nada o vice-presidente Hamilton Mourão apresentar belos powerpoints para convencer investidores do compromisso do Brasil com a preservação da Amazônia se Jair Bolsonaro mantiver sua agenda de “insanidades” na área ambiental.

Prejuízo à vista

A maior aberração, além do fato do Brasil estar acabando com a floresta amazônica, são as razões que levam o governo a manter Ricardo Salles no Meio Ambiente. Investidores estrangeiros dizem que não aplicarão mais no Brasil caso as matas continuem a ser destruídas e ameaçam tirar o País de ativos que superam R$ 4,6 trilhões. Agora, são os próprios empresários brasileiros que estão aflitos com a falta de uma política para evitar a derrubada das nossas matas. Procuraram o vice-presidente Hamilton Mourão para dizer que estão perdendo contratos na Europa e no Japão, por causa desse descaso. Na Europa, já não querem comprar nossa soja e nossa carne bovina.

União pelo mal

O Congresso discutirá em agosto uma emenda constitucional para reintroduzir a prisão em segunda instância, depois que o STF acabou com a medida no ano passado. Esse é mais um projeto que está unindo petistas e bolsonaristas. O PT quer que a lei só valha para quem for condenado depois da promulgação da lei, o que deixaria Lula de fora. Os bolsonaristas temem que a nova lei alcance Flávio Bolsonaro.

Minha amiga Socorro Chaves comemorando aniversário ao lado do esposo Eró Chaves. Parabéns!!!

Colunista social Rubedna Braga celebrou idade nova ontem e passou o dia recebendo o carinho da família e dos amigos. Um beijo, querida!!!

A podóloga Patrícia Lima, pioneira no estado do Acre há 15 anos, retornou a Rio Branco com multitratamentos voltados à podologia, com habilidades complementares . Da podologia à acupuntura ouricular e blefarosplastia sem cortes, a intradermatologia pressurizada. Procedimentos capazes de tratar e melhorar a auto-estima, promovendo saúde e bem-estar a seus clientes. Confera na sua clínica localizada na Cohab do Bosque, Rua Wilde Viana, número 11, ou informações pelo número 99973-4739.

Em comemoração intimista, o empresário Rizomar Araújo comemorou idade nova em casa ao lado da família, sua mãe Lourdes Honorato, Cecyta Araujo, Luciana Araujo e Arthur Araújo.

A vovó coruja Antônia Willian com o filho Juscelino e a nora Katiúsia Castro comemorando o aniversário de 3 anos do pequeno príncipe Heitor Castro na maison da família.

Assuntos desta notícia