Coluna Roberta Lima – 12/07/2020

Happy Day

Muitos aniversariantes bacanas, mega queridos não só por esta titular, mas também pela legião de amigos, trocaram de idade esta semana. Dá uma espiada:

** A querida amiga Gracinha Ruela apagou as velinhas no último dia 5, e recebeu todo o carinho dos amigos e familiares, e claro, dos filhotes Caio e Priscila.

**A procuradora do Estado Daniela Saraiva, comemorou a troca de idade bem pétit comitè, no último dia 7, e ganhou todos os mimos do maridão, promotor de Justiça Ricardo Coelho

**Também a procuradora do Estado, Márcia Regina ganhou os festejos por conta da troca de idade, ocorrida na última quinta-feira, 9, de uma forma já tradicional em tempos de isolamento social: um Live com vários amigos, e claro, com direito ao “parabéns” e muita interação.

** Já a quituteira Socorro Moreira Jorge ganhou uma cesta de café da manhã dos colunistas sociais da Associação dos Colunistas Sociais do Acre- Acos, pela passagem do niver, ocorrido na última sexta-feira, 10. Madrinha da trupe, a lembrança foi uma forma singela de reconhecimento pelo carinho que tem com a classe.

 Inauguração

Governador Gladson Cameli inaugurou na última sexta-feira (10), o hospital de campanha de Cruzeiro do Sul.

** O hospital recebeu o nome do médico urologista João Luiz Angelim, vítima da Covid-19, e conta com 90 vagas para atendimento de pacientes, sendo 10 leitos UTIs, 20 leitos semi-intensivos e 60 leitos de enfermaria.

** A solenidade de inauguração contou com a presença de autoridades locais.

Eleição

A notícia que corre é que a eleição da presidência da Assembleia Legislativa será antecipada para a próxima terça-feira (14).

** As apostas correm que, vinte dos vinte quatro deputados votarão pela manutenção da atual composição: Nicolau Júnior presidente, Jenilson Lópes vice-presidente, Luiz Gonzaga ( PSDB), primeiro secretário e Antônia Sales ( MDB ), segunda secretaria.

Suspenso I

Uma boa notícia: O presidente Jair Bolsonaro sancionou a lei que suspende o pagamento de parcelas do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 31 de dezembro, em razão do estado de calamidade pública provocado pela pandemia do novo coronavírus (covid-19).

Suspenso II

A suspensão vale para os pagamentos em fase de utilização, carência ou amortização e, para obtê-la, além da suspensão de pagamento, cria um sistema de refinanciamento.

 

** O Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal abriram os canais para requerer a suspensão.

Em Alta

Com o advento da pandemia, e com isso o isolamento social, os festejos de aniversários, festas, ou até mesmo aquela vontade enorme de matar a saudade da turma, um dos mecanismos mais procurados são as Lives.

** Os serviços como YouTube, Zoom e o Facebook Live, permitem videoconferência, reuniões online, bate-papo e colaboração móvel.

** Os encontros virtuais viraram as darlings das pessoas, que se congratulam, trocam ideias, e reuniões de negócios.

Outros Ares

Empresário Rizomar Araújo zarpou esta semana para São Paulo (SP)  para tratar de questões da sua agência de viagem Rizo’s Tour.

**Alem de tratar de assuntos do empreendimento, aproveitou para pegar um friozinho de 8° graus, bem mais baixo do sentido em terras de Galvez.

Em Casa

Sim, nossos heróis tem CRM, têm trajes especiais ( os EPIS) e salvam vidas, tendo como superpoder a mente, perseverança e o amor ao próximo. Eles não são como os nossos heróis da infância, que têm seus inimigos já sacramentados. Eles estão lutando contra um inimigo que não conhecem, invisível, colocando suas vidas em risco (e até dos familiares) em nome da profissão e do juramente que fizeram. Hoje a minha homenagem é para os médicos, esses grandes heróis, que mostraram para nós que gratidão é um sentimento externado em uníssono  à  esses grandes guerreiros.

Gabriela Cordeiro, infectologista – “A pandemia chegou de repente e me pegou de surpresa, tive que readaptar minha vida pessoal, social e profissional. O trabalho triplicou, o distanciamento social foi necessário como medida preventiva e a saudade da nossa família é diária. Mas nunca perdi a fé e a esperança de que dias melhores virão e de que tudo vai dar certo! Vai passar!!!”

Joicely Costa, cardiologista – “A chegada da pandemia ao Brasil ficou bem marcada pra mim pois coincidiu com minha viagem durante o recesso de carnaval. Foi tudo muito rápido, gerando muito medo e apreensão em todos. Por diversas vezes me perguntava se tudo era real, se estávamos realmente vivendo aquilo. Minha primeira reação foi buscar conhecimento sobre a doença e as formas de prevenção da mesma, crescendo em mim um forte sentimento de responsabilidade social e solidariedade no intuito de informar e ajudar meus semelhantes. São momentos desafiantes como estes que servem para testar nossa capacidade de reinvenção e readaptação.

O isolamento social me fez experimentar uma nova vida, que confesso, gostei muito. Me fez parar e perceber o que realmente importa nesta vida e quais os nossos reais valores. Tenho tido experiências que “em tempos normais” nunca realizaria como dividir afazeres domésticos com os filhos e marido, coisas que considero bastante positivas e têm nos aproximando bastante.

Aos poucos venho me adaptando ao “novo normal” tendo em mente que nunca mais serei a mesma pessoa. Sou grata pela minha saúde, minhas atitudes positivas, capacidade de reinvenção e possibilidade de poder ajudar o próximo.”

Rosely Barreiros, pneumologista – “Quando me pediu para falar sobre a pandemia, o que dizer?! Foram tantas mudanças que nem saberia por onde começar, desde a roupa, equipamento de proteção, ao tratamento de uma doença nova – desconhecida até então! Mas como não me deu tema então pensei que gostaria de apenas agradecer e exaltar a todos os colegas que estão comigo na linha de frente nesta guerra!! Combatentes incansáveis que deixam suas casas para cuidar do próximo, sem pesar seus medos e receios de lado pra enfrentar  cara a cara o vírus! Amigos que estão há meses sem poder abraçar o filho, os pais e amigos,  pelo risco de sermos transporte para os entes queridos; que chegam em casa cansados do trabalho e ainda vão estudar porque as informações não param de chegar! Então,  é para esses que eu quero dizer o meu muito obrigada, que tenho orgulho de fazer parte desse time com vocês!!!”

Rondson Vale, Cirurgião Geral – “Como cirurgião, eu já praticava todas as medidas de higiene e segurança preconizadas pro nosso meio como uso de máscara, lavagem das mãos e outros EPI’s, mas o coronavírus exigiu ainda mais precaução! Desde lavar as compras do mercado, limpar o carro com álcool em spray, usar álcool nas mãos periodicamente, coisas inimagináveis antes do advento da pandemia. Tive que doutrinar minhas filhas, que costumavam correr pra me receber com abracos assim que chegava em casa depois de um dia de trabalho. Há quase 3 meses elas só me abraçam com o olhar na chegada e esperam eu realizar todo protocolo de desparamentação e banho para finalmente correr pro abraço. Meus pais são idosos e, como estou na linha de frente, aguardo o dia de poder, finalmente, abraçá-los sem medo.”

Pedro Pascoal, médico – “Para ser bem sincero, não achei que essa tal pandemia pudesse chegar tão próximo de nós, a ponto de mudar hábitos, rotinas, contatos, um verdadeiro 360 graus.

Confesso, que inicialmente cai de cabeça na linha de frente, SAMU, UPA, UTI, PS, deixando minha vida pessoal de escanteio, até o dia em que vi a realidade de perto, iniciei sintomas e testei positivo. Vi que a realidade era sim tudo aquilo que víamos, enquanto em casa cumprindo meu isolamento rigoroso, a cidade se tornava um caos, casos e casos aparecendo, sistema de saúde, como no mundo inteiro, despreparado, colapsando e o sentimento de impotência cada dia aumentando. Números se tornando nomes conhecidos, medo tomando conta de todos, saúde física e mental dos pacientes, colegas de trabalhos e até familiares em verdadeiro desequilíbrio.

Dia das mães, aniversários, principalmente o da matriarca, comemorados através de videochamadas, quem diria seu Corona, aparecendo para refletirmos sobre nossos conceitos e nos pontuar as prioridades em nossa vida.

Certo dia recebi uma mensagem de um filho, pedindo que não desistíssemos de sua “maezinha”, ali o sentimento de impotência exacerbou, e mais uma lágrima escorreu, me coloquei em seu lugar… médicos de mãos atadas diante desse coronavírus, com uma só pergunta a se fazer, por quê?

Triste é aquele que após a pandemia não tire algo de proveitoso, não saiba aproveitar o afeto, não tenha compaixão ao próximo, não seja empático e sinta a dor daquele que perde. Antes de ser um bom profissional, seja uma boa pessoa!”

Ciro Macedo, cardiologista – “Desde o início da Pandemia venho trabalhando normalmente no Pronto Socorro e na Clínica CardioAcre, tendo atendido vários pacientes Cardiácos e que também eram portadores do Covid-19, e devido a isso também fui infectado. Sem sombra de dúvidas esse foi um dos momentos mais difíceis que passei até então. Muitas dúvidas surgiram, medos e preocupações em relação ao risco de transmitir a minha família, e como essa doença iria evoluir em meu organismo.

Mas graças a Deus, a minha família e ao médico infectologista que me acompanhou consegui vencer e evitar que fossem acometidos por essa doença. Dentre inúmeros aprendizados, posso destacar que devemos valorizar as coisas simples da vida, sermos mais solidários uns com os outros, e principalmente aproveitar ao máximo cada momento que passamos com nossos familiares, que são nossa base de sustentação, tanto nos momentos bons quanto ruins da vida.

DICAS

**E uma leve friagem chegou no meio da semana, e como tudo que é bom dura pouco, o calor escaldante voltou a fazer parte das nossas vidas.

**Em tempos de corona vírus, em que temos que estar com a vitamina D em dia, é um acalento.

**Fica a dica!

**Quer informações confiáveis? Acessa  youtube.com/senacrecomenda.

** O  Senac Recomenda, seu novo canal na maior plataforma mundial de compartilhamento de vídeos,  facilita  o processo de pesquisar  conteúdo de boa qualidade e de fontes e informações confiáveis.

**Uma semana maravilhosa e até a semana que vem.

 

 

Assuntos desta notícia