Margaridas e garis da Secretaria de Zeladoria da Cidade recebem cestas básicas

Margaridas, garis e roçadores, responsáveis pela limpeza pública da capital acreana, receberam na manhã desta sexta-feira, 24, uma importante ajuda e contribuição nesses tempos difíceis de pandemia do novo coronavírus. Trezentas cestas básicas foram doadas pela empresa Zetra Soft que gerencia as operações de crédito consignado para os servidores municipais. De acordo com o gerente comercial, Rafael Gurgel, um reconhecimento justo aos trabalhadores que prestam um serviço essencial para todos os rio-branquenses.

Cestas vão ajudar os trabalhadores e suas famílias neste momento difícil de pandemia (Foto: Fagner Delgado / PMRB)

“São homens e mulheres que no meio de toda essa situação que a gente nunca esperou viver continuam trabalhando de sol a sol. Então, nada mais justo do que a gente contribuir de alguma forma com essas pessoas. A gente sabe que por mais que a Prefeitura honre todos os seus compromissos salariais e legais, os gastos dessas famílias aumentaram. Os filhos que antes iam para a escola hoje estão em casa, é uma forma que nós encontramos para amenizar os problemas que muitos estão enfrentando”, disse.

O secretário da Casa Civil, Márcio Oliveira, representou a prefeita Socorro Neri na entrega dos alimentos e relatou que tão logo foram contatados pela empresa para a doação das cestas a decisão foi beneficiar os trabalhadores da Secretaria Municipal de Zeladoria da Cidade (SMZC). “Hoje nós temos profissionais trabalhando, cuidando da saúde das pessoas, médicos enfermeiros, técnicos de enfermagem, pessoas ligadas diretamente à saúde. Mas as margaridas e garis também cuidam da nossa saúde mantendo nossa cidade limpa. É um trabalho primordial, sem eles nós teríamos uma cidade desorganizada e suja”.

“É uma ajuda muito bem-vinda. São tempos complicados e qualquer contribuição me deixa agradecida”, disse a margarida Rosinete Araújo.

Mãe de três filhos em idade escolar, Claudeane da Costa, falou que qualquer ajuda nesse momento se torna muito relevante. “Sou mãe de família e sou sozinha com as crianças, agradeço a ajuda”, encerrou. (Assessoria da Prefeitura de Rio Branco)

Assuntos desta notícia