Por telefone, Prefeitura de Rio Branco auxilia beneficiários do Bolsa Família durante a pandemia

Por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus, 24.586 famílias deixaram de receber o Bolsa Família para receber o auxílio emergencial, mas algumas enfrentaram dificuldades para acessar o novo benefício. Foi o caso da costureira, Antônia Tanires, desempregada, mãe de três filhos que não teve seu cadastro aprovado na primeira tentativa. É que quando ela fez a inscrição no Bolsa Família uma das informações pessoais estava errada.

“Há alguns anos, quando me cadastrei no programa marcaram lá como se eu fosse do sexo masculino e essa informação errada, acabou prejudicando a aprovação do auxílio, mas graças a Deus as meninas da Prefeitura me ajudaram e deu tudo certo. Foi atendimento de excelência”, contou Antônia.

Para continuar assistindo os beneficiários do Bolsa Família e do Cadastro Único a Prefeitura de Rio Branco, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (Sasdh) reforçou a central de atendimentos dos programas, via telefone. Por meio dos números 0800 642 2081 e 3211-2080, a população pode consultar, se informar e receber orientações sobre o Bolsa Família e o Cad Único.

Além disso, quando é necessário as equipes agendam atendimento presencial. “Nenhum benefício está sendo cancelado ou bloqueado por falta de atualização cadastral, nesse período, mas dependendo da urgência nossas equipes realizam atendimento presencial”, explicou a chefe da divisão do Cadastro Único e Bolsa Família, da Sasdh, Kelly Cristina Pinheiro.

Até o dia 30 de junho, mais de 100 beneficiários foram atendidos presencialmente, com agendamento prévio e foram realizadas, por telefone, 43 correções cadastrais. (Assessoria Prefeitura de Rio Branco)

Assuntos desta notícia