ARTIGO – A folha de figueira

Câmara Federal aprova projeto que proíbe arte com nudez.

Voltamos ao questionamento da nudez no mundo ocidental dando conotação sexual perversa a uma obra de arte.

É como foi chamada a arte com nudez coberta nas esculturas gregas, arte envergonhada, com o sexo mutilado ou escondido por uma folha de parreira.

Desde que Adão e Eva foram expulsos do Paraíso, a folha de figueira se tornou a expressão mais utilizada para designar quaisquer formas de cobrir os órgãos sexuais femininos e masculinos na arte e na literatura.

Como normalmente as folhas de figueira são muito pequenas, Adão necessitou de várias delas… (vide o Gênese).

O corpo vai ter que voltar a ser escondido em nome da decência e da moral cristãs de um grupo.

É dessa maneira que os tentáculos da censura vão se apropriando do país.

Voltaremos ao tempo onde banho de mar só vestidos dos pés à cabeça?

E as “celebridades” instantâneas e os famosos no carnaval, como vão sobreviver?

Lamento e temo que sim!

Muitas das obras abaixo seriam banidas se essa moda pegar.

Tarsila do Amaral, Leonardo da Vinci, Rafael, Boticceli, Picasso, Dali e uma infinidade de artistas que nos encantam com suas obras.

Bem triste acompanhar o mergulho desse país no fundamentalismo.


Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]

Assuntos desta notícia