Beth Passos Online

*Há quase dois séculos foi proclamada a “independência” do Brasil. Infelizmente, acho que nunca fomos tão colônia. Ainda não somos uma nação. Apenas um ajuntamento de gente, sem senso de coletividade, de civilidade e de sociedade. São mais de 126 mil mortes em meses, mas as praias e bares estão lotados. Alguns em casa para proteger você. Independência de morte! 

*Silenciosamente vencemos batalhas diárias sem plateia. Ser forte é qualidade de quem tem coragem. Alguns pensam que sabem de nós, alguns têm paciência e amor para tentar nos conhecer melhor, mas somente nós sabemos nosso dia a dia particular, doce e dura batalha do que vivemos, somos e queremos ser.

*Será que São Pedro está confundindo o Brasil com o deserto do Saara?  Viramos camelos agora? 

Parodiando Fagner: “Quem dera ser um peixe para num límpido aquário mergulhar” 

*Estão loteando a Petrobras e vendendo aos pedaços, esquartejando a Eletrobrás e vendendo aos pedaços. Estão entregando o Brasil para o estrangeiro a preço de banana. E do tempo em que a fruta era barata e o brasileiro ainda reclamava.

*Enquanto o país se vê em uma crise econômica e sanitária, com cortes no auxílio-emergencial, salário mínimo menor em 2021 e mais de 125 mil mortes por coronavírus, há quem esteja sorrindo em tempos de crise, como as Igrejas. 

Bancada evangélica aprova lei que perdoa 1BILHÃO de impostos não pagos de grandes igrejas evangélicas do Brasil.  

Realmente um grande negócio! 

*Edir Macedo determinou nesta frase nefasta: “O Espírito Santo não quer que você bata palmas. Ele quer que você bote a mão no bolso”

*Aos poucos a censura vai se instalando no Brasil. “Justiça proíbe TV Globo de exibir documentos do caso Flávio Bolsonaro”. Trata-se de censura disfarçada de decisão judicial imparcial, mas, escancarada para os mais atentos. 

Chocada estou! 

*Uma “amiga” falou mal de mim para mais três “amigas” (das quais ela também já falou mal) e as quatro me contaram.

Fiquei como?

Aliviada e libertada de três encostos!!!

*As pessoas pregam tanto o direito de serem o quiser e da própria individualidade, mas, não respeitam a individualidade alheia. 

*A rotina dos trabalhadores terem ido para o sacrifício em ônibus e trens lotados, muitas vezes em nome dos demais que puderam ficar em casa, deveria chocar ainda mais pela nossa incompetência como sociedade. A vida nos lembra, contudo, que alguns sempre foram mais descartáveis que outros.

*Mais que um tempo de trevas, acho que estamos vivendo um tempo de luz sobre as sombras. Depuração.  

Que cada um saiba fazer a sua.  

*No café da manhã quando perguntam: prefere suco, Nescau, chá ou café quando acorda?

Honestamente, eu prefiro que ninguém fale comigo!

*Se liga na missão, porque eu volto, minhas lindezas!!!


Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]

Assuntos desta notícia