ARTIGO – Valores reais 

Um pai disse ao filho: você se formou com honra, aqui está um ‘Volkswagen Sedan’ que eu comprei há muitos anos. Tem mais de 50 anos, mas antes de eu dar a você, leve-o ao estacionamento do centro e diga a eles “Quero vendê-lo” para descobrir quanto eles oferecem a você.

O filho foi ao estacionamento de carros usados, voltou para o pai e disse: eles me ofereceram 2.000, porque parece muito desgastado. O pai disse: leve-o à loja de penhores.

O filho foi à loja de penhores, voltou e disse: a loja de penhores ofereceu apenas 1.000, supostamente porque o carro é muito antigo.

Finalmente, o pai pediu ao filho para ir a um clube de carros antigos para mostrar o carro. O filho levou o carro ao clube, voltou e disse ao pai: algumas pessoas no clube ofereceram 70.000 reais no fusca, uma vez que é um “carro muito antigo, único e muito procurado entre os membros do clube.

O pai disse ao filho: eu queria que soubesse que o lugar certo valoriza você da maneira certa. Se você não é valorizado, não fique com raiva, isso significa que você está no lugar errado. Quem conhece o seu valor é quem o aprecia. Nunca fique no lugar em que não veem o seu valor.



Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]

Assuntos desta notícia