Taxa de desocupação no Brasil bate recorde

Já está claro que o candidato a uma vaga de emprego precisa, além de conhecimento técnico para o cargo, contar com outras habilidades que o faça ser escolhido para ocupar tal função. Pensando então nos últimos dados divulgados pelo IBGE, que aponta que o desemprego no Brasil é o mais alto desde 2012, sendo 13,8% a taxa da desocupação da população do Brasil, as competências do aspirante devem ser inúmeras para alcançar uma ocupação no mercado de trabalho.

Essa complexidade de aptidões vira diferencial na hora de oferecer cursos, principalmente para quem está à procura do primeiro emprego, saídos da escola pública.

A Enjoy Inglês Profissionalizante se destaca no mercado por oferecer além do inglês e formação técnica nas áreas de Marketing Digital, Programação, Designer Gráfico e Administração, proporciona também um acompanhamento comportamental durante o curso.

Toda unidade da franquia conta com um profissional de RH capacitado para oferecer mentoria a esses jovens e trabalhar com eles suas fragilidades, como timidez, falta de confiança, entre outras dificuldades de gestão pessoal. A escola, por meio de treinamento e orientação, ajuda os alunos a caminharem sozinhos, despertando neles a importância do capital humano.

Para o cofundador da rede, Denis Sá, a escola já nasceu com essa visão multidisciplinar, atenta às diversas áreas do conhecimento. ”Sempre se destacou no mercado de trabalho aquele que tem um leque maior conhecimento e que sabe se adaptar conforme o ambiente, por isso focamos também no comportamental.”

Agora então em tempos de pandemia e no pós-pandemia, se faz mais necessário do que nunca esse despertar de competências e a Enjoy Inglês Profissionalizante, direcionada a jovens das classes C, D e E, oferece um plano pedagógico completo para o melhor desempenho de seus alunos, para que sejam competitivos no mercado de trabalho, sendo no ensino do idioma mais falado no mundo, no ensino técnico de uma profissão, como também na forma em que esse candidato a um emprego vai se portar na disputa pela vaga. A boa formação provavelmente marcará o comportamento desse aluno o acompanhando por toda sua carreira profissional. (Máxima Assessoria de Imprensa)

Assuntos desta notícia