Policiais federais cumprem mandados de busca e apreensão na Aleac

A Polícia Federal cumpriu na manhã desta quinta-feira 25 mandados de busca e apreensão no prédio da Assembleia Legislativa do Acre (Aleac), em Rio Branco. Também foram suspensos pela Justiça as atividades de 10 servidores da assembleia.

Cerca de 100 agentes federais participaram da ação, na manhã desta quinta (Foto: Nucom PF/AC)

A operação, intitulada “Res Principis”, tem como alvo investigar fatos de anos anteriores, de gestões passadas da Aleac. Não se trata da legislatura atual. A suspeita é de um suposto esquema de fraude em licitações de publicidade da Casa.

Além dos mandados no Acre, também foi cumprido um no município de Chopinzinho/PR.

As pessoas investigadas podem responder na Justiça, se configurarem os indícios de materialidade e autoria, por crimes como os de organização criminosa, peculato, corrupção e fraude a licitações.

A Aleac informou que deve se posicionar melhor sobre a ação da PF depois de consolidar orientações dos advogados da Casa. (Da Redação A GAZETA)

Assuntos desta notícia