ARTIGO – Relações humanas no trabalho

Falar em relações humanas é considerar todo tipo de relação social ou interação entre as pessoas. Esta é uma questão tratada por variadas ciências, dentre elas a Sociologia, a Antropologia, a Biologia, a Política, Economia, Ética, as ciências naturais, enfim, todo estudo que envolve o ser humano e aí estão entrelaçados os comportamentos das pessoas com as outras, no ambiente de trabalho.

É no trabalho onde as pessoas passam a maior parte de suas vidas, logicamente deve ser um ambiente harmônico, tolerável, agradável, propício ao convívio, à produção, à criatividade, tudo isso em companhia de outras pessoas, pois o ser não pode trabalhar sozinho. A divisão do trabalho, cada vez maior, torna o dia a dia da empresa mais dependente do grupo e dos indivíduos que ali formam os chamados “funcionários”.

Logo, no dia a dia do trabalho, essas relações são necessárias, pois toda empresa, seja ela de grande, médio ou pequeno porte, tem como principio de funcionamento a trabalho em conjunto, a coletividade, pois a maioria das tarefas são realizadas por grupos de pessoas, onde cada um tem sua função. Esse processo de divisão do trabalho se deu ao longo de tempo e teve seu auge quando foi iniciada a revolução industrial e a sua inserção no sistema capitalista de produção, que visa o lucro e a produtividade, ou seja, cada pessoa fazendo exclusivamente determinada tarefa aumentando a produtividade e minimiza tempo gasto no processo de produção.

Importante dizer que as relações humanas não estão estritamente ligadas apenas às relações entre as pessoas, mas, também, ao ambiente de trabalho, ou de atuação, ou seja, na escola entre os alunos, em casa, com a família, e também a relação do empregado com a empresa, visto que dessa relação é que será ditada a produtividade da empresa, firma, negócio.

Existe, em toda e qualquer empresa, familiar, pública ou privada palavras mais importantes que outras. Elas são decisivas no relacionamento entre as pessoas e afetam, diretamente, a produtividade. Essas palavras são:

*As cinco palavras mais importantes: “VOCÊ FEZ UM BOM TRABALHO”.

*As quatro palavras mais importantes: “QUAL A SUA OPINIÃO”.

*As três palavras mais importantes: “FAÇA O FAVOR”.

*As duas palavras mais importantes: “MUITO OBRIGADO”.

*A palavra mais importante: “NÓS”.

Pesquisas apontam que um dos problemas para a falta de produtividade no trabalho, muitas vezes, está relacionada à insatisfação do trabalhador com o ambiente onde executa suas tarefas e, às vezes, também, com as pessoas que ali estão. Isso porque há gente que não sabe respeitar o outro, o lugar do outro, quer ser o centro da vida, das atenções, dos direitos. Mas esse individualismo não deve existir porque as pessoas não podem ser tratadas isoladamente, mas sim como um grupo.  O objetivo de cada indivíduo deve ser o bem-estar, enquanto o da empresa é a eficiência, e isso acaba gerando conflitos. Portanto, a função da empresa deve ser estabelecer um equilíbrio entre a produtividade e a satisfação dos trabalhadores.

Um outro aspecto que deve permear as relações humanas, não só no trabalho, deve ser o respeito. Pensando no ambiente profissional, o respeito é fator fundamental para que as relações entre as pessoas existam de maneira positiva. Não é preciso ser amigos de todos, mas é fundamental respeitá-los e por eles ser respeitado, sejam subordinados ou superiores. Todo ser humano merece respeito. Seja nas brincadeiras, seja no convívio diário, seja num momento de algum tipo de conflito, perder o respeito pelo outro põe em risco muita coisa: o bom ambiente, a carreira, o emprego. Tem-se muito a perder com a falta de respeito e polidez no serviço. Uma grosseria ou brincadeira inoportuna pode marcar uma pessoa pela vida inteira.

Para concluir, por ora, a proposta é cada trabalhador fazer uma reflexão sobre a importância do respeito para com os outros no ambiente de trabalho. Se há problemas, nesse sentido, urge identificar suas causas e possíveis soluções. Passa-se tanto tempo da vida no ambiente de trabalho! Então, é importante cuidar desse lugar e das relações ali existentes. Elas devem ser trabalhadas, aprimoradas,devem ter qualidade. Com isso, ganha-se não só profissionalmente, mas em qualidade de vida, em geral, que é o mais importante: viver em harmonia, em ambiente produtivo e de respeito.


DICAS DE GRAMÁTICA

“GOSTARIA DE AGRADECER VOCÊS POR TUDO QUE FIZERAM POR MIM?”

– Não! Diga assim: Gostaria de agradecer a vocês tudo o que fizeram por mim!


(*) Luísa Galvão Lessa Karlberg – É Pós-Doutora em Lexicologia e Lexicografia pela Université de Montreal, Canadá; Doutora em Língua Portuguesa pela Universidade Federal do Rio de Janeiro; Mestra em Letras pela Universidade Federal Fluminense; Pesquisadora DCR/CNPq; Membro da Academia Brasileira de Filologia; Membro perene da IWA; Presidente da Academia Acreana de Letras. E-mail: [email protected]

Assuntos desta notícia