ARTIGO – A inveja tem torcida 

Tem gente que vai ver nossas fotos, achar lindas, mas não vai curtir, porque acha que isso seria, para nós, um sinônimo de popularidade.

Tem gente que vai ler os nossos textos, vai gostar tanto que vai sair procurando algo parecido para compartilhar, porque acha que, compartilhar nosso ponto de vista, seria um elogio à nossa inteligência.

Outras lerão tudo o que postamos, verão cada status, irão conferir cada notícia, mas vão “ignorar” tudo.

Ou… Algumas vezes, tirarão print e transformarão aquilo em uma deliciosa conversa de Whatsapp nos criticando.

Tem gente que não suporta a nossa felicidade. Tem gente que não suporta a nossa inteligência. Tem gente que não suporta nosso esforço.

Tem gente que não vai nos ajudar, mas também não vai suportar ficar sem notícias da nossa vida.

Mas, entendamos, pessoas assim são necessárias. Elas têm o poder mágico de nos ensinar como não deveríamos ser. E isso é tão importante quanto saber quem somos e quem queremos ser.

Acostumemo-nos com a torcida contrária e aprendamos que as pessoas só́ conseguem dar aquilo que tem dentro de si.

E quem tem amor dá amor, elogia, debate, contraria com respeito às nossas opiniões e convicções.



Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]

Assuntos desta notícia