ARTIGO – Gratidão e saudade 

Achei linda e oportuna pelo dia consagrado a nossos mortos a Oração de Gratidão e Iluminação aos Ancestrais do autor Bert Hellinger 

Gratidão e saudade 

Gratidão queridos pais, avós e demais ancestrais por terem tecido o meu caminho.

Imensa gratidão pela imensidão dos seus sonhos que, de alguma forma, são hoje a minha realidade. A partir deste ponto e com muito amor, ilumino a tristeza que houve nas gerações passadas, ilumino a raiva, as partidas prematuras, aos nomes não ditos, aos destinos trágicos.

Ilumino a flecha que abriu caminhos e tornou a caçada mais fácil para nós. Ilumino a alegria, as histórias repetidas várias vezes. Ilumino o não dito e os segredos de família. Ilumino as histórias de violência e ruptura entre casais, pais e filhos e entre irmãos e que seja o tempo e o amor que volte a unir. Ilumino a todas as memórias de limitação e pobreza, a todas as crenças desestruturantes e negativas que permeiem o meu sistema familiar.

Aqui e agora semeio uma nova esperança, alegria, união, prosperidade, entrega, equilíbrio, ousadia, fé, força, superação, amor, amor e amor.

Que todas as gerações passadas e futuras sejam agora, neste instante, cobertas com um arco-íris de luzes que curem e restaurem o corpo, a alma e todos os relacionamentos.

Que a força e a bênção de cada geração alcancem sempre e inunde a geração seguinte.

Assim seja. Assim é!



Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]

Assuntos desta notícia