Apoio aos povos indígenas do Acre diante a Covid-19

Nos dias 3 a 6 de novembro, a UICN Brasil, por meio do projeto Amazônia 2.0, prestou apoio emergencial aos povos que vivem nas Terras Indígenas Alto Rio Purus e Mamoadate (TI), no Estado do Acre, área-foco de intervenção do projeto no país

O apoio consistiu de doação de kits de alimentos e itens de higiene e biossegurança como parte integrante da campanha “Povos da Floresta contra a Covid“, realizada pelo Conselho Nacional das Populações Extrativistas (CNS), Comitê Chico Mendes, SOS Amazônia e Comissão Pró‐Índio do Acre (CPI‐AC).

A campanha é uma reativação da histórica “União dos Povos da Floresta”, surgida no primeiro encontro nacional dos seringueiros, em 1985, quando indígenas, quilombolas, extrativistas e ribeirinhos se reuniram para defender seus territórios da ação de madeireiros e grileiros. À frente dessa organização estavam o ambientalista Chico Mendes e outras lideranças, como Ailton Krenak. Em 2020, líderes indígenas e representantes de comunidades extrativistas juntaram-se para retomar os compromissos em comum: a defesa de suas culturas e de seus territórios, desta vez contra os riscos advindos da pandemia. “A luta de 40 anos atrás era pelo reconhecimento do território e, agora, é para a gente preservar o nosso legado“, enfatiza Ângela Mendes, organizadora da campanha e filha de Chico Mendes.

A ação emergencial entregou 210 kits de suprimentos com produtos alimentícios de primeira necessidade aos Distritos de Saúde Indígena (DSEI) nos municípios de Manuel Urbano, Santa Rosa do Purus e Assis Brasil, polos-base de acesso aos territórios do projeto.

A técnica local do projeto Amazônia 2.0, Ana Cláudia Salomão, acompanhou as entregas de 53 kits de suprimentos ao polo-base da DSEI, no município de Manoel Urbano. Além de Ana Salomão, estavam presentes a coordenadora do polo-base da DSEI, Nídia Vieira Arce, uma liderança indígena do povo madjá Sico Kulina, e duas representantes do Comitê Chico Mendes, Gabriela Souza e Tailini Mendes.

Devido à presença de muitos indígenas no município e seguindo recomendação da coordenadora do Distrito de Saúde Indígena da localidade, Nidia Arce, 23 kits foram entregues às famílias em situação de vulnerabilidade acampadas nas praias de Manuel Urbano. Os demais kits serão entregues com o apoio da liderança indígena Sico Kulina e do polo-base a outras famílias na TI Alto Rio Purus

Em Assis Brasil, a técnica local do projeto Amazônia 2.0, Alda Carvalho, acompanhou a entrega de 104 kits de suprimentos à coordenadora do polo-base, Ednelza Teles Celestino Sena, a qual será responsável pelo encaminhamento do material  às aldeias beneficiadas da Terra Indígena Mamoadate, que contará com combustível fornecido pelo projeto Amazônia 2.0.

Em Santa Rosa do Purus, as entregas foram realizadas com o apoio do coordenador do polo-base do Distrito de Saúde Indígena do município, Pedro Kaxinawá. Seguindo a orientação do polo, os kits também foram destinados a lideranças indígenas dos povos Madjá e Huni Kuin, que se encontravam naquele dia no município e retornariam em breve para as aldeias. Assim, foram entregues 28 kits ao povo Huni Kuin e 25 kits ao povo Madjá, somando um total de 53 kits. 

Kaxinawá agradeceu o apoio e destacou a importância do gesto nesta emergência que põe em risco os povos indígenas devido à sua situação de extrema vulnerabilidade.

UICN Brasil, por meio do projeto Amazônia 2.0, fez doação de kits de alimentos e itens de higiene e biossegurança

Sobre La Campanã “Povos da Floresta Contra o Covid”

A campanha “Povos da Floresta contra a Covid” tem como objetivo dar condições para que as comunidades tradicionais e indígenas, suas organizações, seus profissionais de saúde e aliados tenham segurança para enfrentar a pandemia.

Uma plataforma on-line de financiamento coletivo está disponível em quatro idiomas (português, inglês, italiano e francês), com opções para doações em quatro moedas e diversas formas de pagamento. Os fundos arrecadados são utilizados para a aquisição e distribuição de itens indispensáveis à proteção dos povos da floresta, como produtos alimentícios de primeira necessidade e itens de higiene e prevenção. Para saber mais e apoiar acesse: https://sosamazonia.org.br/povos-da-floresta-contra-covid.

Mais informações sobre o Projeto Amazônia 2.0, por favor, visite o sitehttps://amazoniadospuntocero.com/

Mais informações sobre a Campanha, por favor, viste o site: https://sosamazonia.org.br/povos-da-floresta-contra-covid

Assuntos desta notícia