Ufac não garante retorno das aulas presenciais em março, mesmo com portaria do MEC

O Ministério da Educação (MEC) publicou portaria estipulando o mês de março do ano que vem para a retomada das aulas nas instituições de ensino superior, mas a Universidade Federal do Acre (Ufac) pode não seguir a determinação. A previsão anterior seria de retornar as aulas presenciais em janeiro. Agora, foram adiadas para março.

Em entrevistas à imprensa local, a reitora da Ufac, Guida Aquino, alertou que a preservação da vida é a prioridade máxima da instituição. Portanto, as aulas presenciais na universidade só serão retomadas no mês estabelecido pelo MEC se houver condições favoráveis para garantir a integridade física e saúde dos estudantes.

As aulas presenciais na instituição estão suspensas desde a confirmação dos primeiros casos no Acre, em 17 de março.

Guida Aquino também explicou que a decisão de suspender as aulas partiu do Conselho Universitário da Ufac. Sendo assim, será o conselho que irá determinar a possibilidade de voltar ou não com as atividades de forma presencial. Isso se dá devido à autonomia da instituição. Uma proposta de calendário está sendo levada em breve ao conselho. (Da Redação A GAZETA)

Assuntos desta notícia