ARTIGO – Segundo round 

Novas medidas estão sendo adotadas pelo Reino Unido por causa da cepa nova. Trata-se de um novo surto da Covid-19, que fez a China isolar 3 milhões de habitantes por não ter como controlar a verdadeira 2ª onda que vem a ser mais rápida, grave e letal entre os jovens. Está sendo chamada pelos especialistas de “nova” covid e causando infecções mais graves do que as verificadas na primeira onda. Especula-se que esse vírus mais forte já chegou ao Brasil, trazida por turistas internacionais ao Amazonas causando colapso na saúde pública daquele Estado.

Irmãos gêmeos idênticos estão intrigando a ciência com casos em que ambos são contaminados pelo novo coronavírus, mas a doença evolui de forma diferente em ambos. Estudo publicado no Journal of Medical Cases, por exemplo, mostrou o caso das irmãs americanas Kimberly e Kelly Standard, de 35 anos, que compartilhavam, além do mesmo código genético, o excesso de peso e comorbidades (hipertensão e diabetes tipo 2). Embora Kelly tivesse ainda o agravante de ser asmática, foi Kimberly quem acabou indo para UTI e precisando de ventilação mecânica.

Mesmo com a população vacinada fica a dica: Não importa se foi para tudo que é canto durante a pandemia, se deu festa, se reuniu com 20 ou 200 pessoas, se já pegou três vezes o coronavírus, se toda família teve, se tomou ivermectina, cloroquina e está vivo (a) porque acha que Deus tem planos para você. Desde o início da pandemia tem gente morrendo em Manaus TODA SEMANA, então mesmo com a chegada da vacina é preciso manter o isolamento social, nos limitemos a atividades essenciais o TEMPO QUE DURAR A PANDEMIA.

Hoje temos uma média móvel de 1000 mortes por dia no país e todo o cenário caótico de Manaus. Vamos parar de fazer o vírus circular à toa por egoísmo. Há uma cepa nova circulando e os cientistas ainda estão estudando sobre ela, bem como a eficácia da vacina e quantas doses será de fato necessária para o combate nesta terrível guerra sanitária.


Beth Passos é jornalista

E-mail: [email protected]


Assuntos desta notícia