Banco da Amazônia prorroga prazo para pagamento de dívidas do FNO

Diante do cenário de crise econômica, enfrentado por empresários do Acre, o Banco da Amazônia (Basa), em conformidade com instituições de apoio a empresas acrianas, definiu a prorrogação do pagamento de dívidas referentes ao Fundo Constitucional de Financiamento do Norte (FNO).

O documento, que trata da medida, foi assinado no início de fevereiro de 2021, pelo superintendente regional do Basa, José Luiz Cordeiro Cruz, o superintendente do Sebrae no Acre, Marcos Lameira, e os presidentes dos sistemas: Fecomércio, Leandro Domingos; FIEAC, José Adriano; FAEAC, Assuero Veronez; ACISA, Marcelo Moura; e Federacre, Rubenir Nogueira Guerra.

“Tivemos um ano difícil em 2020, e 2021 também não será muito diferente, com o acometimento desta pandemia. As empresas precisam de apoio e recursos para sobreviver até que retorne a normalidade. O Sebrae no Acre, em parceria com outras entidades, esta pleiteando junto aos bancos que flexibilizem seus contratos de financiamento para que as empresas possam honrar com suas dívidas e assim sobreviver a mais um ano difícil”, destacou Marcos Lameira.

As operações de crédito aptas à prorrogação dos pagamentos devem cumprir os seguintes requisitos: ser uma empresa não rural; ter sido contratada com recursos do FNO por pessoa jurídica até 31/12/2020; estar adimplente em 31/12/2020; não ser classificada como empresa de grande porte; não ser classificada como supermercado, hipermercado, setor elétrico, setor rural ou financeiro; ter previsão de início de pagamento principal e/ou encargos dentro dos próximos 6 meses à adesão.

Os empresários que optarem pelo adiamento das parcelas devem manifestar interesse, até 31 de março de 2021, no endereço eletrônico disponibilizado pelo Basa: https://prorrogacao.bancoamazonia.com.br

(Assessoria)

 

 

Assuntos desta notícia