Chuva de mais de 70 milímetros deixa bairros alagados e igarapé cobre ramal que dá acesso ao presídio no AC

Igarapé transbordou e alagou estrada que dá acesso ao Complexo Penitenciário de Rio Branco — Foto: Gildemar Bomfim/Arquivo pessoal

A forte chuva que atingiu a capital acreana desde a noite de quinta-feira (4) até as primeiras horas desta sexta (5) deixou bairros alagados e as águas do Igarapé Paixuba cobriram a Estada do Barro Vermelho, que dá acesso ao Complexo Penitenciário de Rio Branco.

Entre as 19 horas de quinta e às 6h desta sexta foram registrados 71 milímetros de chuva na capital acreana. O esperado para todo o mês de fevereiro é de um acumulado de 292 milímetros.

Com o transbordamento do Igarapé Paxiúba, parte do encostamento da Estrada do Barro Vermelho acabou cedendo. Uma equipe do Corpo de Bombeiros está no local auxiliando na passagem das pessoas.

Conforme a Defesa Civil Municipal, seis bairros estão sendo monitorados de perto e cerca de 120 famílias foram atingidas pela água de igarapés e córregos. Duas famílias devem ser retiradas e levadas para casas de parentes.

Entre os bairros com pontos de alagamento estão Praia do Amapá, João Paulo II, Plácido de Castro, Calafate, Cadeia Velha e no Residencial Mariana. Além das duas famílias que foram levadas para casa de parente, a Defesa Civil analisa a situação de outras residências.

“Em cada bairro desse podemos dizer que são cerca de 20 famílias atingidas. Mas, como é questão de enxurradas, a equipe vai no local, avalia a situação e vê a questão de segurança. Muitas das vezes nós somente elevamos os móveis e tiramos a família da casa, porém não tem a mudança com os móveis. Isso porque, a chuva cessando, em torno de 8h a água volta para o nível anterior. Mas a previsão é que essa chuva continue por todo o dia de hoje”, afirmou o major Cláudio Falcão, coordenador da Defesa Civil de Rio Branco.

Apesar da forte chuva nas últimas horas, o nível do Rio Acre, em Rio Branco, subiu apenas 15 centímetros em 24h. Segundo os dados do órgão, na medição das 6h desta sexta (5), o manancial marcou 10,02 metros, sendo que no mesmo horário no dia anterior estava com 9,87 metros. (G1/AC)

Assuntos desta notícia