Covid-19: em tarde de conversa, representantes do Sistema Fecomércio/AC se reúnem com prefeitura e PGE/AC

Com o objetivo de obter informações acerca da imunização contra o novo Covid-19, representantes do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC se reuniram na tarde desta quarta-feira, 3, com o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom. Na ocasião, foi comunicado que até a próxima quinta-feira, 11, encerra-se a aplicação da segunda dose da vacina recebida, alcançando 69% dos profissionais de saúde da capital acreana, incluindo a rede privada.

Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC e Acisa se reuniram na tarde desta quarta-feira, 3, com o prefeito de Rio Branco, Tião Bocalom (Foto: Dircom Prefeitura de Rio Branco)

Participaram da conversa representantes do Sistema Fecomércio/AC, integrantes da Federação das Indústrias do Acre (FIEAC), Federação de Agricultura do Acre (FAEAC), Serviço de Apoio às Micro e Pequenas Empresas no Acre (Sebrae), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado (Federacre) e da Associação Comercial do Acre (ACISA)

Na oportunidade, foi definida a ampliação do parcelamento do Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) 2020 de cinco para dezmeses, além da ampliação de um Programa de Refinanciamento do passivo tributário municipal (REFIS), com vantagens aos devedores físicos e jurídicos.

Para o presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC, Leandro Domingos, este deve ser o melhor REFIS já implantado no município, gerando uma grande oportunidade para o cliente quitar débitos com o fisco municipal com baixo custo.

“A pandemia por COVID-19 tem sacrificado as empresas do Acre, principalmente pelas restrições impostas pelo Estado. Em face disto, a diretoria da Federação do Comércio tem se reunido constantemente com representantes do governo estadual e municipal de Rio Branco, no sentido de mitigar tais danos. Buscamos, então, benefícios fiscais como forma de ajudar as empresas e o cidadão”, refletiu Domingos.

Leandro Domingos enfatizou que o prefeito Tião Bocalom se mostrou sensível à causa e não relutou em atender às demandas. “Ele [Tião Bocalom] se colocou à disposição da classe empresarial, na solução do que estiver ao alcance da Prefeitura”, disse.

Reunião com a PGE

Também na quarta-feira, representantes do Sistema Fecomércio/AC reuniram-se com o procurador-geral do Estado do Acre (PGE/AC), João Paulo Setti, para tratar do fechamento do comércio de atividades não essenciais e dos dilemas causados pela pandemia referente ao âmbito hospitalar. De acordo com o vice-presidente do Sistema Fecomércio-Sesc-Senac/AC e superintendente do Sebrae no Acre, Marcos Lameira, o Estado estaria ampliando a oferta de leitos nas unidades de saúde transformando o Hospital do Idoso e o Hospital de Mâncio Lima em referências para o tratamento de pacientes da Covid-19.

“As entidades reforçaram a importância do envolvimento dos parlamentares federais, atuando junto ao governo federal a prorrogação da suspensão de contrato e redução de jornada de trabalho, a volta da ajuda emergencial, a suspensão no pagamento das parcelas de empréstimos e financiamentos junto às instituições financeiras, e a prorrogação dos impostos Federal e Refis que venha possibilitar em momento próprio a regularização das empresas”, finalizou. (Assessoria Sistema Fecomércio/AC)

Assuntos desta notícia