Beth Passos Online 

*Queria muita saber qual o remédio que Chorão tomava quando afirmou que “Hoje ninguém vai estragar meu dia”. Garanto que clonazepam é que não era. 

*Os dois lobos continuam lutando dentro de mim. Confesso que alimentei os dois, mas estou cansada. Preciso dar um fim a esta briga. Só peço a Deus que me ajude e vocês não me julguem.

*Gilmar Mendes nunca critiquei! 

*Estamos no século 21, gente, não dá para acreditar que esses chineses continuam agindo como se estivéssemos no início dos tempos e a ONU e outras instituições globais não tomem uma atitude dura. Todo mundo na mão dos chineses, dependendo de insumos para as vacinas. Se as multinacionais que estão lá instaladas exercessem algum tipo de cobrança, mas não fazem nada, infelizmente, vai piorar muito. E só estamos na metade do segundo mês do ano.

*Pessoas que se dizem desconstruída com discursos e atitudes biofóbicas, uma casa inteira destilando ódio e desumanização. O estopim? Um beijo! Um beijo de verdade, olhos fechados, mão na nuca! Que coragem você teve Lucas Penteado e mais corajoso ainda por sair daquela casa de torturas cheia de pessoas tóxicas, que o criticaram por viver sua ideologia de vida. O ano é 2021 e um beijo gay ainda é notícia. O quanto um país precisa ser retrógrado para que a imprensa explore a obviedade de duas pessoas do mesmo sexo se desejarem? Quem enxerga um avanço nos noticiários, que procure um oftalmologista e um psiquiatra. Lucas Penteado se tornou gigante e por certo ganhará dividendos muito superiores a 1 milhão e meio de reais, o valor do prêmio. 

*Ao contrário da população negra, a população branca não foi submetida ao mesmo período de privações para defender a existência do “racismo reverso” de Lumena.

*A feminista que milita errado. A lésbica que “deslegitima” um beijo gay. O humorista que faz o outro chorar. O rapper que faz letras em defesa dos oprimidos, mas na vida real é um ditador cruel. Que esse circo de horrores nos ensine o que não devemos ser. 

*É uma pessoa legal, mas…“É uma pessoa boa, mas…” Se tiver um, “mas”, tente não se aproximar. Evite problemas, além daqueles que já aparecem sem perder licença na vida da gente. A gente precisa de “mais” e não de, “mas”. Essa é a diferença. Na gramática e na vida.

*É preciso amaaaaar o amanhã como se não houvesse pessoas. 

*Karol Konká perdeu o contrato que tinha com a Avon por causa dos abusos, violência verbal e agressões que vem praticando diariamente no reality BBB-21. A decisão foi apoiada pelos consumidores, após pesquisa da multinacional. Agora pense se em frente das câmeras ela está fazendo isso, imagina o que apronta quando não tem câmeras, e eu jamais voltaria a comprar produtos de uma empresa que apoia abuso psicológico. Mas a situação da tombada só piora. Ela também fez uma campanha sobre violência contra a mulher para o governo de São Paulo, onde ela afirma que abuso psicológico é crime.  Chocada vivo, meu povo!

*Enquanto o BBB Portugal expulsou participante que fez o gesto nazista, o diretor do programa Boninho, chamou participante que sofreu homofobia e racismo de monstro. E ainda deu razão ao Projota e seus amigos abusadores. Os áudios vazados passando dicas e informações a alguns confinados, é vergonha alheia total e desmoralização para a emissora. 

*Faço tanta terapia e não chego nem perto de ter a autoestima da Karol Conká, que disse, sem a cara tremer que já foi confundida com a Beyoncé. Estou sequelada com essa mulher, gente, é sério!

*A pessoa deixa essa mensagem para mim: “ô Beth, enquanto você discute BBB, o Bolsonaro está destruindo o Brasil. Amore, eu sei, do que ele é capaz, mas não sou obrigada a focar só nesse filme de terror. Vocês que lutem!  

*A Argentina aprovou o aborto. Essa é uma pauta que sempre me chamou atenção, não sei se é por causa dos ensinamentos religiosos impregnados lá no íntimo… Como sei que é um caso de saúde pública, e não tenho uma opinião “formada” sobre o assunto, seguro a onda. Mas vejo as pessoas gritando contra, mas depois defendendo a pena de morte…. Vejo pessoas se posicionando contra, mas os orfanatos estão cheios de crianças abandonadas, as ruas, a Cracolândia, agora presente em todos os Estados brasileiros, se manifestamdo contra, mas se a amante engravida muitas vezes é obrigada a fazer…. Então, eu silencio o falso moralismo. E cada um sabe a dor de ser o que é, não é fácil para uma mulher uma decisão dessa. … E ninguém tem o direito de julgar.

*Muita hipocrisia meu povo tem gente que é assim: um Deus na boca e um demônio no coração! 

Beijos ortograficamente elegantes a todos. Fiquem ligados na missão, porque eu não me calo, NEM SOB TORTURA!!!


Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]


Assuntos desta notícia