ARTIGO – Professores ou Presidiários?   

Para onde acham que vão a maioria das crianças quando as escolas fecham? São abduzidas para um mundo paralelo livre de Covid? São levadas ao trabalho com os pais que precisam manter seu sustento? Vivem em harmonia com o home office, principalmente os pequenos?

Infelizmente noção de realidade e empatia real não é o forte de muita gente: cuidadores informais que não conseguem oferecer nem a metade das condições de segurança proporcionadas pelas escolas estão se multiplicando e lotando suas casas de crianças.

Acham que todo mundo tinha opção de trabalhar em home office? Que todos podem contratar uma babá? Que é certo colocar os avós, muitas vezes do grupo de risco, no compromisso de cuidar? Pois esta é a realidade da maioria dos trabalhadores: precisam deixar seus filhos em algum lugar para garantir o pão de cada dia.

As escolas se prepararam muito para retornar, de forma mil vezes mais criteriosa que supermercados, por exemplo, que seguem lotados. Crianças precisam de escola! Precisam conviver com outras crianças e não merecem pagar a conta de adultos que não tomam o menor cuidado com a sua saúde e a do próximo. Escola é cuidado! Todo o resto é conversa fiada. Vacina já para os professores, não para presidiários. Precisamos de crianças educadas para o futuro. Não de criminosos.


Beth Passos é jornalista 

E-mail: [email protected]


Assuntos desta notícia