Coluna Luiz Theodoro – 21/04/2021

Segurança nacional

Está em curso na Câmara projeto para revogar a Lei de Segurança Nacional (LSN), criada pelo regime militar. O texto é baseado num projeto apresentado pelo jurista Miguel Reale Júnior em 2002. Entre outras coisas, acabará com o uso da LSN por parte de Bolsonaro contra seus adversários e que permite enquadrar quem “ofender” o presidente, com pena de até quatro anos de prisão.

Espada

O deputado Fausto Pinato (PP-SP), que faz parte da base de sustentação do presidente, diz estar decepcionado com a política do governo no combate à pandemia, afirmando que Bolsonaro insiste em não corrigir os equívocos cometidos até aqui no controle da Covid. “Se Bolsonaro quer se matar, que se mate sozinho”, diz Pinato. Ele apoia a investigação do Senado: “A CPI será uma espada na cabeça de Bolsonaro”.

O culpado

O governador do Maranhão, Flávio Dino, diz que se não fossem as medidas adotadas pelos governadores, por ministros do STF e pelo Congresso a pandemia teria feito muito mais vítimas e que se dependesse exclusivamente da inoperância de Bolsonaro já teríamos três vezes mais mortes. Segundo ele, o pior é que o mandatário usa seu poder para perseguir os chefes dos governos estaduais que adotam medidas para conter a expansão da doença.

Fora da política

Luciano Huck teria aceitado a proposta da TV Globo para substituir Faustão. O contrato seria de quatro anos e o martelo será batido até julho. Ou seja, Huck desistiria de ser candidato agora, mas puxaria a fila em 2026.

O escudo

Com medo de sofrer processo de impeachment  e em solenidade de comemoração aos 373 anos do Exército, o presidente Jair Bolsonaro afirmou  que é esse braço das Forças Armadas brasileiras quem dará a sustentação para que não se vá além do previsto na Constituição.

“Hoje é uma data que orgulha a todos nós porque aniversaria aquele que nos dará realmente a sustentação para que ninguém ouse ir além da nossa Constituição”, disse ele, no ato.

De volta ao normal

O governador Gladson Cameli (Progressistas) participou de uma reunião com o representante da Associação Comercial, Industrial, de Serviço e Agrícola do Acre (ACISA) ontem  e adiantou  que vai publicar um decreto autorizando a reabertura do comércio aos finais de semana no Acre. A medida deve ser publicada na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) de quinta-feira (22) e só entrará em vigor no sábado (24).

O chefe do Poder Executivo garantiu que a decisão é baseada na redução dos índices da pandemia nos últimos 10 dias.

Enfim, o frio!

O pesquisador meteorológico Davi Friale informou que a primeira friagem de 2021 começará no próximo domingo (25). Segundo ele, a friagem não será forte, porém irá derrubar a temperatura na segunda-feira, 26, provocando chuvas fortes e temporais.

Deverão ser atingidos por esta onda de frio polar, além do Acre, o Amazonas, Rondônia, Mato Grosso, Goiás, Bolívia e Peru.

Novo remédio

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) autorizou ontem o uso emergencial do medicamento REGN-COV2 para o tratamento de pacientes com Covid-19.


A beleza das mulheres acreanas em comemoração ao Dia do Índio.

Vivas para o meu amigo Jorge Farhat pelo seu aniversário!

A princesa Maria Valentina comemorou seus 7 anos cercada de muito carinho pelos papais corujas Jocely Abreu e Willian Crespo. Parabéns!!!

Lidiane Moraes celebra, dia 25, idade nova. Parabéns!

Linda e competente, Maíra Martinello Moura celebra dia 25 o seu aniversário na intimidade da família. Parabéns!!

Nossa querida arquiteta Suzye Albuquerque fez aniversário no último dia 18. Reuniu a família para um almoço caprichado!

Empresária Fabíola Pinheiro depois de temporada longa na Cidade Maravilhosa, em seu incrível apartamento na Avenida Sernanbetiba, retornou à cidade no final de semana. Welcome!

No próximo dia 30, a dama Flávia Barbosa completa seus 80 bem vividos anos. Em razão da pandemia, reúne-se só com familiares para o brinde e o parabéns pra você!

Assuntos desta notícia