Pular para o conteúdo
Beth Passos
Beth Passos é comunicadora, produtora, assessora de imprensa e empresária. Email: [email protected]

Mais e mais, sempre

Nascer mulher não basta. É preciso convencer de que se é mulher. Não basta esconder as marcas do tempo, é preciso ser jovem sempre. Nem basta ter útero, quem não os tem pode aluga-los. Não basta ser Maria, tem que ser Maria mãe de dois, um-filho-mais-um-marido-igual-a-dois. De nada basta dizer ‘não’ quando o prazer está na ‘conquista’. Ahh mulheres…

– Convença-me de que gosta de futebol! – Você dirige bem, como um homem! Não basta ser odiada pelos homens. A rivalidade feminina lhe cairá como um soco no estômago, numa segunda-feira sóbria. De nada basta ter estômago, se está vazio.



– Saco vazio não para em pé! Para encher o estômago, pode ser preciso vender outras partes do corpo. Você que escolhe, mas sabe como são os homens, insaciáveis.
Nada basta. Não basta ser revolucionária, você não tem culhões. Não basta ser esposa, tem que ser uma eterna namorada. Vocês conhecem o tempero que só as mulheres fazem. Hummmm cheirinho da comida da minha mãe…. Mas não basta, vocês não têm aquela coisa que só os homens têm.

 

Beth Passos

Jornalista

 

error: Conteúdo protegido!!!