Pular para o conteúdo
friale avisou!

Após 50 dias sem chuvas, Rio Branco tem temporais isolados nesta quarta

Apesar do 'refresco' da leve chuva, os próximos dias devem continuar com calor intenso

A capital acreana teve o primeiro registro de chuvas desde o dia 29 de junho, nesta quarta-feira, 18, após uma terça-feira, 17, com as maiores temperaturas de 2021, até o momento, no Acre e no Brasil.

Apesar do ‘refresco’ da leve chuva, o meteorologista Davi Friale informou, por meu do site O Tempo Aqui, que nos próximos dias poderão ocorrer novos recordes calor de 2021 no Acre e no Brasil, pois não há nenhuma perspectiva de chegada de onda polar à região, pelo menos até o fim desta semana.

As chuvas rápidas são uma consequencia do lento avanço de uma massa de ar úmido, originária do oceano Atlântico Norte, que passa lentamente na direção do Acre e já provocou, nos últimos dois dias, chuvas rápidas em alguns pontos isolados do estado e, também, em Rondônia.

Assim, deverão ocorrer, até o próximo domingo, chuvas passageiras na maioria dos municípios acreanos, sendo que, em alguns pontos, poderão ser fortes e acompanhadas de raios e ventanias.

Em Rio Branco, a última vez que choveu foi no dia 28 de julho, com registro de 2,1mm, na estação meteorológica do Instituto Nacional de Meteorologia. No entanto, a última chuva significativa, ou seja, acima de 5,0mm, foi no dia 29 de junho, com registro de 16,7mm.

Na cidade de Tarauacá, segundo registros do mesmo instituto, a última chuva ocorreu no dia 26 de julho, com 3,0mm. No entanto, a ultima chuva significativa foi no dia 19 de julho, com 34,4mm.