Pular para o conteúdo
Programação cultural

Confira as três peças gratuitas do último dia da II Semana do Teatro

Livraria Paim e Theatro Hélio Melo recebem as peças deste sábado

Primeira apresentação do dia ocorre às 9h, na Livraria Paim (Divulgação)

Para encerrar a II Semana do Teatro, a programação deste sábado,21, conta com peças infantis, espetáculo adulto e uma live sobre processo criativo. Todas as apresentações são gratuitas, realizadas em Rio Branco e respeitando as medidas de prevenção contra o novo coronavírus. Para assistir aos espetáculos é preciso agendar com cada grupo responsável, confira tudo abaixo.

A programação começa cedo, às 9h, com a apresentação do infantil “Palhaços de Circo”, do grupo “Microbinho e sua Trupe”, na Livraria Paim.

Pela tarde, toda a família também pode curtir o espetáculo “A Bruxinha que era Boa”, da Cia.de Teatro Expressão, que será apresentado às 17h30, no Theatro Hélio Melo, no centro de Rio Branco. Com texto de Maria Clara Machado, “A Bruxinha que Era Boa” conta a história da Bruxinha Ângela, que é excluída das outras bruxas por não conseguir ser tão má quanto deveria ser.

A diretora e atriz do espetáculo, Jocilene Barroso, comemora a participação na Semana. “É sempre bom termos oportunidades de levar nosso trabalho ao público, ainda mais sem custo para as pessoas e depois de momentos delicados durante a pandemia. Estamos voltando aos poucos, com todos os cuidados e acredito que nossa peça pode ajudar a trazer um pouco de alegria para o público, que é algo que todos estamos buscando nesses tempos”, comenta. Os agendamentos podem ser feitos pelo Whatsapp- 999073259.

Espetáculo será apresentado às 17h30, no Theatro Hélio Melo. (Foto: Natanael Gomes)

Pela noite, o Grupo Candeeiro apresenta a peça “Afluentes Acreanas”, às 19h, também no Theatro Hélio Melo. A montagem propõe uma navegação pela história do nosso estado, um embarque fluvial pelas curvas do rio Acre, lembrando quem foram os nomes que fizeram do Acre o que ele é hoje. “Que o Acre seja visto com outros olhos após esse espetáculo, olhos formato de amêndoas”, destaca a sinopse.

“Afluentes Acreanas é uma peça que todos nós da equipe temos muito amor em fazer porque fala sobre nós, nossa história, nossa formação acreana e participar da Semana do Teatro, um evento tão importante pra nossa cultura é uma forma de ressaltar cada palavra e gesto dentro de Afluentes. Quem já assistiu sabe bem do que eu tô falando e quem vai assistir no sábado, vai descobrir um espetáculo intenso e cheio de amor”, declara a diretora e dramaturga do espetáculo, Maria Jaqueline Chagas. Para assistir à apresentação é preciso agendar a prensença pelo contato 9229-8226.

“Afluentes Acreanas” é um embarque fluvial pelas curvas do rio Acre (Foto: Mag Araújo)

Para quem não conseguir assistir neste sábado, será possível prestigiar “Afluentes Acreanas” a partir do dia 18 de setembro, quando estreia a nova temporada, no Theatro Hélio Melo. As apresentações serão aos sábados e domingos, até 10 de outubro, sempre às 19h.

Neste sábado, haverá ainda programação virtual com o lançamento do Comitê Acre da “Lei Paulo Gustavo” (que propõe o investimento de R$ 4,4 bilhões para o setor da cultura até o final de 2022), às 16h, e uma live que aborda o processo criativo da peça “Yunu Pãni”, da Cia Visse e Versa, às 20h. Ambas podem ser acompanhadas pelo perfil da Fetac no Facebook.

Leia também: Mais de 15 apresentações teatrais gratuitas compõem a II Semana do Teatro