Pular para o conteúdo
'Ingratidão e traição'

Mara Rocha critica nomeação de Degmar Kinpara para o IMC e cita oportunismo de Minoru 

Mara diz que a nomeação de Degmar Kinpara mostra que não existe uma identidade ideológica, mas sim o oportunismo de Minoru Kinpara

A deputada federal Mara Rocha (PSDB) usou as redes sociais, nesta segunda-feira, 23, para lamentar a nomeação de Degmar Kinpara, para o cargo de presidente do Instituto de Mudanças Climáticas (IMC). Degmar é esposa do candidato derrotado à Prefeitura de Rio Branco, nas eleições de 2020, Minoru Kinpara, que à época era apoiado por Mara e pelo irmão dela, vice-governador Major Rocha.
Mara diz que a nomeação de Degmar Kinpara mostra que não existe uma identidade ideológica, mas sim o oportunismo de Minoru Kinpara.
“Enquanto Gladson Cameli fazia acordo com o governador de São Paulo para se filiar ao PSDB, em troca da retirada da candidatura do Minoru, e enquanto o presidente estadual do PSDB se escondia da campanha e trabalhava para derrubar Minoru Kinpara, eu, Mara Rochan briguei para que a candidatura fosse mantida e fui para as ruas pedir votos e defender o nome de Minoru Kinpara para a prefeito de Rio Branco. Assim também fizeram os muitos do PSDBn que foram demitidos por apoiá-lo”, alegou.
Miroru e família Rocha, juntos na última campanha
E continua: “Para nossa surpresa, veio a ingratidão e traição. Mesmo garantindo que caminharia conosco nas eleições de 2022, alegando reconhecer a nossa luta para mantê-lo candidato, Minoru se alia ao ‘Rei de Araque’. que tem o dom de iludir e mentir, e ao seu bando que lutou para retirar sua candidatura”, afirmou.
Mara Rocha destaca que se sente “decepcionada” com o casal Kinpara, em apoiar a reeleição do governador Gladson Cameli. “Como muitos têm seu preço, a mudança de planos foi a nomeação da esposa no Instituto de Mudanças Climáticas e Regulação de Serviços Ambientais do Acre, divulgada hoje no Diário Oficial”, concluiu.

Em nota, intitulada “Alguém confia em Mara falando em gratidão?”, a direção do PSDB defendeu Minoru Kinpara e rechaçou as declarações da atual deputada federal.

error: Conteúdo protegido!!!