Pular para o conteúdo
Agnes Cavalcante
Agnes Cavalcante é jornalista e co-criadora da página @investidoracreana no Instagram, onde compartilha informações sobre investimentos

O que é Taxa Selic e por que você precisa saber tudo sobre ela?

A Taxa Selic subiu na última semana e eu não poderia deixar de conversar com você sobre isso, porque essa é a taxa mais importante da economia, que “manda” em todo o mercado, afetando desde os empréstimos que você (não) toma, até financiamentos, etc, mas principalmente seus investimentos em renda fixa.

Pra simplificar, o Sistema Especial de Liquidação e Custódia, é um instrumento do Banco Central (BC) pra manter os preços das coisas controlados. Percebeu que tá tudo caro ultimamente e cada ida ao supermercado te custa um órgão? Ou você vai ao posto de gasolina e deixa metade do salário? Pois é. A Selic é um instrumento que o BC usa pra garantir a estabilidade da economia e evitar descontroles de preço, ou seja, que a inflação corroa seu dinheirinho.

Então, pra controlar a inflação, o governo tenta influenciar a quantidade de dinheiro que circula na economia do país. Em outras palavras, quanto mais dinheiro tiver disponível, mais as pessoas vão sair comprando adoidado e se elas compram mais e consomem mais, a demanda aumenta, e os preços sobem. Ou seja, quando o governo aumenta a Taxa Selic, ele controla o dinheiro em circulação.

banner, matias souza, patrocinio coluna agnes cavalcante

É por isso que, quando a economia está aquecida e os preços começam a subir, a Selic é aumentada, porque, se os juros estão altos, fica tudo mais caro e a tendência é que toda a população diminui o consumo, inclusive empresas e o próprio governo. A Selic é tipo um freio, sabe? Por isso que eu digo para os meus amigos que se as coisas estão caras, não é hora de fazer grandes compras, porque a tendência a médio e logo prazo, é que os preços baixem um pouco, afinal, ninguém aguenta!

Aí, bora lá falar de investimentos, que eu sei que é o que você quer saber. Lembra que falamos na última coluna sobre investimentos em renda fixa versus renda variável? Eu sei que me comprometi a trazer exemplos de produtos destas categorias, mas nossa programação foi interrompida pela mamãe Selic (risos).

Enfim, a alta da Selic beneficia os investimentos de renda fixa, como os títulos públicos do governo federal (Tesouro Direto), Certificados de Depósito Bancário (CDBs) emitidos pelos bancos, as letras de crédito, debêntures, entre outras opções. Todos esses investimentos tendem a ter uma rentabilidade maior com a Selic elevada, mais um motivo pra você começar a investir, criatura, porque dinheiro parado não vai te levar a lugar nenhum!

Ah, tá rolando sorteio lá no meu instagram. Corre pra participar, porque vai ser em poucos dias. Participa e já me manda suas dúvidas sobre a coluna de hoje! Abraço!

guapisima, coluna agnes, patrocinio


Leia também: Investir não é para quem tem dinheiro. É para quem tem sonhos!