Pular para o conteúdo
comida na mesa

Cantinho do Bom Pastor pede apoio financeiro para garantir alimentação de crianças

Com idade entre 8 e 9 anos, as crianças ficam na creche no período de contraturno escolar, fazendo, portanto, as principais refeições do dia - senão as únicas - no local

Foto: Cedida

A casa de formação de crianças carentes Cantinho do Bom Pastor, fundada há 18 anos, retornou às atividades presenciais, há cerca de um mês, mas, para continuar ajudando as famílias dos bairros João Eduardo, Palheiral, Conjunto Novo Horizonte e adjacências, a creche pede ajuda, a fim de garantir a alimentação de, ao menos, 19 crianças atendidas, atualmente.

As crianças são de famílias com poucos recursos financeiros, por isso, a alimentação é maior desafio, neste momento. Com idade entre 8 e 9 anos, elas ficam no local, no período de contraturno escolar, fazendo, portanto, as principais refeições do dia – senão as únicas – no local. A maior urgência, neste momento, é por proteínas para compôr a alimentação das crianças, no entanto, quem quiser pode doar qualquer item para que a Casa possa revender em brechós e arrecadar fundos.

“Nós fazemos também brechós para ajudar na manutenção da casa, então, quem tiver roupas usadas, sapatos ou até utensílios usados, a gente também recebe. Geralmente, são as próprias mães que compram para ajudar na manutenção do espaço e, além do brechó, a gente aceita doações de alimentos e dinheiro também”, relata Francisca Lima, coordenadora do local.

Doações em dinheiro podem ser feitas por meio dos seguintes dados bancários: Banco do Brasil, Agência 0071-X, conta 41.024-1, em nome da Paróquia São Peregrino. Para doação de quaisquer itens, basta procurar a Paróquia São Peregrino, localizada na Estrada da Floresta, n° 103, ou ainda do Cantinho do Bom Pastor, localizada na rua Jorge Amado, nº 189, Conjunto Bela Vista, próximo à quadra esportiva.

Para envio do comprovante via WhatsApp e outras informações: (68) 99211-1655.