Pular para o conteúdo
devido a pandemia

Lei que prevê apoio financeiro a professores para compra de computadores e internet é sancionada no Acre

O apoio também será válido para profissionais do ensino público estadual que atuem nas funções de gestão escolar, coordenação de ensino, coordenação pedagógica, coordenação de centros e núcleos de atendimento da educação especial, em efetivo exercício no Centro de Estudo de Línguas (CEL)

Foi publicada no Diário Oficial do Acre (DOE) desta sexta-feira, 3, a sanção da lei que estabelece apoio financeiro para aquisição de notebooks e contratação de planos de internet por profissionais da educação, em virtude dos impactos negativos causados pela pandemia da doença covid-19, na prestação do ensino.

A ação é parte do Programa de Inovação Educação Conectada e o suporte financeiro será destinado a todos os professores da rede estadual de ensino, efetivos e temporários, que estejam em sala de aula nas escolas públicas estaduais; em efetivo exercício nos centros, núcleos, classes hospitalares e demais unidades de escolarização e de atendimento da educação especial, bem como no exercício das seguintes funções: professor AEE, professor tradutor intérprete educacional em libras, professor braillista, professor de libras ou professor mediador.

O apoio também será válido para profissionais do ensino público estadual que atuem nas funções de gestão escolar, coordenação de ensino, coordenação pedagógica, coordenação de centros e núcleos de atendimento da educação especial, em efetivo exercício no Centro de Estudo de Línguas (CEL).

O valor estabelecido na lei é de até R$ 4.500,00, creditado em parcela única, para a aquisição de notebook, até R$ 1.800,00, creditado em até dezoito parcelas, sendo a primeira referente ao mês de julho de 2021 e a última a ser paga até 31 de dezembro de 2022, para a contratação de plano de internet.

Para mais informações, basta acesar a edição desta sexta-feira, 2 de setembro de 2021, do Diário Oficial do Acre.