Pular para o conteúdo
Volta às aulas

Mais de 250 professores da rede pública ainda não tomaram nenhuma dose da vacina contra covid-19

Servidores que não tomaram a vacina precisam explicar, por meio de uma declaração, os motivos para não terem se imunizado. Retorno das aulas está marcado para o dia 4 de outubro

A retomada gradativa das aulas presenciais na rede estadual de ensino está prevista para o próximo dia 4 de outubro, no entanto, mais de 250 professores ainda não tomaram sequer a primeira dose da vacina contra a Covid-19, de acordo com informações do Departamento de Redes da Secretaria de Educação, Cultura e Esportes Estadual (SEE).

Os servidores que não tomaram a vacina devem explicar junto à direção da escola ou departamento de Recursos Humanos da SEE, os motivos para não terem se imunizado. Mesmo assim, as coordenações e diretores reforçam a campanha de vacinação entre a comunidade estudantil.

A Secretaria de Educação confirmou que 97% do corpo escolar do estado já tomou pelo menos a primeira dose da vacina.

“Nós chegamos à marca de 97% de vacinação, seja ela primeira dose ou o esquema vacinal completo, apenas 3% não se vacinaram por algum motivo. A gente não pode obrigar ninguém, mas todos eles terão que se declarar para a escola ou para o RH da Secretaria dizendo que não quer se vacinar, e aí, qualquer responsabildiade futura cabe individualmente à pessoa. É importante frisar que a cobertura vacinal recomendada pelo PNI é de 90%, estamos com 97%, então estamos falando de uma cobertura plenamente satisfatória, o que nos leva a ter um retorno às aulas de maneira tranquila e segura”, destaca Aberson Carvalho, diretor de Gestão de Redes da See.

Leia também: SEE divulga cronograma de retorno gradual às aulas presenciais, a partir de 4 de outubro