Pular para o conteúdo
Tecnologia

Organização oferece 50 bolsas para curso de Introdução à Programação para acreanos

Alunos vão aprender toda a base da linguagem de programação de sites, estrutura de dados, etc. Inscrições encerram nesta quarta-feira, 22

Curso é oferecido pela  organização sem fins lucrativos Actum em parceria com a Bemol.

Um curso de Introdução à Programação será oferecido para 50 acreanos, gratuitamente, por meio da organização sem fins lucrativos Actum Brazil e da empresa Bemol. As inscrições devem ser feitas até esta quarta-feira,22, por meio do formulário online AQUI. Com duração de 20 horas, o curso online começa na próxima segunda-feira,27.

Durante as aulas, os alunos vão aprender toda a base da linguagem de programação de sites, estrutura de dados, pensamento computacional, etc. Ministrada por educadores da Bemol Digital, o curso terá aulas virtuais ao vivo, com exercícios práticos de nível básico.

A seleção será realizada pela Actum Brazil e para participar é preciso ser do Estado do Acre; ter disponibilidade para participar das aulas ao vivo, ou assistir as aulas gravadas no prazo determinado; e ter acesso à internet/plataformas de comunicação. Confira o edital da seleção.

Jessica Pereira, Co-fundadora e Diretora de Relacionamentos da Actum, explica que existe um déficit de contratações nesta área tecnológica, pois existem vagas, mas ainda não existem tantos profissionais formados na nossa região.

“A gente sabe que a computação e a programação são carreiras do futuro e existe uma necessidade do mercado de trabalho de absorver profissionais dessa área. Ter a oportunidade de participar desse curso é entender a necessidade do mercado e vemos como uma abertura para uma possibilidade de carreira, tendo essa perspectiva de contratação de empresas com o porte da Bemol” comenta.

A Actum Brazil é uma organização sem fins lucrativos fundada por três jovens acreanos, que atua com o objetivo de oferecer transformação e desenvolvimento à juventude da Região Amazônica, a fim de reduzir as desigualdades sociais decorrentes de uma regionalização de oportunidades.

“Um dos nossos objetivos é valorizar a comunidade local, da região amazônica em geral e, nesse curso específico, do Acre. Queremos fazer com que a juventude possa se tornar cada vez mais qualificada para conquistar as oportunidades sem precisar que sejam feitas contratações de profissionais de outras localidades”, afirma Lucas Ganum, Co-fundador e Diretor de Projetos.

Leia também: Músicos acreanos ministram curso de rudimentos ritmicos aplicados à bateria