Pular para o conteúdo
bloqueios na BR-364

Sindicato nega falta de combustíveis em postos do Acre

Há pelo menos dois dias, motoristas formam filas em postos da capital temendo ficarem sem gasolina e outros combustíveis

Por meio de nota oficial enviada à imprensa, a presidente do Sindicato dos Postos de Combustíveis do Acre (SINDEPAC), Karyenne Machado, negou que esteja havendo falta de combustíveis nos postos de abastecimento do Acre. A informação chegou a ser veiculada, em virtude do bloqueio da BR 364, em trechos do estado de Rodônia, por caminhoneiros pró-Bolsonaro.

Há pelo menos dois dias, motoristas formam filas em postos da capital temendo ficarem sem gasolina e outros combustíveis. O sindicato informa ainda que está monitorando a situação dos bloqueios em Rondônia de onde chega ao estado a maior parte dos produtos comercializados.

NOTA OFICIAL

O Sindicato dos Postos de Combustíveis do Acre, SINDEPAC, informa que não tem conhecimento da falta de combustíveis nos estabelecimentos do estado em virtude dos bloqueios das rodovias federais, por conta das manifestações dos caminhoneiros. Até o momento, nenhum posto comunicou a falta de combustível.

O Sindepac está monitorando a situação em Rondônia, estado em que a maior parte dos postos compra os combustíveis das distribuidoras. A informação é que as estradas que dão acesso as distribuidoras já foram abertas. A questão é que ainda há bloqueios em Jaci Paraná, mas com possibilidade de abertura a noite. Os proprietários estão colocando o máximo de combustível em seus estoques, a medida em que vão comprando. No interior também não há reclamação ao sindicato de que faltam os combustíveis.

Quanto as distribuidoras em Rondônia, há um escalonamento na venda para os postos. Isso ocorre para evitar que algum revendedor fique sem o combustível.

Karyenne Machado
Presidente do Sindepac

Leia também: BR-364 tem bloqueios parciais nesta sexta-feira, segundo a PRF