Pular para o conteúdo
tráfego normalizado

BR-364 é liberada após mobilização pela construção de ponte sobre o rio Juruá

Mobilização acarretou em uma fila de veículos, mas o tráfego foi liberado no início da tarde desta quinta-feira, 28. O governo do Estado informou que irá se posicionar ainda hoje por meio de nota

Interdição já formou filas de veículos na BR-364 – Foto: Arquivo pessoal

Após quase dois dias de mobilização, o tráfego de veículos na BR-364 foi liberado por volta do meio dia desta quinta-feira, 28. Desde a manhã de quarta-feira, 27, moradores de Rodrigues Alves interditavam o trecho que dá acesso aos municípios de Cruzeiro do Sul e Rodrigues Alves como forma de chamar a atenção para a necessidade da construção de uma ponte sobre o Rio Juruá, visto que, atualmente, a travessia só é feita por meio de balsas.

Auto-denominado Movimento Pró-ponte, a mobilização acarretou em uma fila de veículos, mas o tráfego foi liberado no início da tarde desta quinta-feira, 28. O governo do Estado informou que irá se posicionar ainda nesta tarde por meio de nota. Conforme Ralph Fernandes, presidente do movimento social, após reunião com representantes do governo do Estado, ficou acordado que uma Audiência Pública será realizada no dia 5 de novembro na Assembléia Legislativa (Aleac) para promover o debate sobre a viabilidade da construção da Ponte.

“Encerramos a manifestação pacífica e ordeira por volta de 11:30 da manhã e recebemos representantes do governo do Estado da regional do Juruá e ficou pactuado que no dia 5 de novembro iremos participar de uma audiência [pública] na Aleac com os deputados estaduais, governo do Estado, deputados federais e senadores. Ficou pactuado também que na audiência, iremos garantir os recursos, a contrapartida do governo do Estado e também as emendas dos deputados federais e senadores para iniciar a ponte de Rodrigues Alves no próximo ano de 2022”, destacou Ralph Fernandes.