Pular para o conteúdo
Operação 'Volta ao Mundo'

Polícia Civil investiga desvio de 35 mil litros de combustível do setor de transporte do órgão

Prejuízo estimado é em torno de R$ 163 mil aos cofres públicos. Por decisão judicial, valores foram bloqueados em contas bancárias e dois veículos foram apreendidos. Ex-servidores do órgão são alvos da operação

Em auditoria realizada no exercício de 2018, foi constatado que os alvos foram responsáveis pelo desvio de quase 35 mil litros de combustíveis.

Ex-servidores da Polícia Civil são alvos da Operação “Volta ao Mundo”, deflagrada pelo próprio órgão na manhã desta quinta-feira,14. Dois mandados de busca e apreensão e dois de sequestro de bem foram realizados, gerando o bloqueio judicial de quase R$163 mil mantidos em contas bancárias dos alvos da investigação e na apreensão de dois carros.

Em auditoria realizada no exercício de 2018, foi constatado que os alvos foram responsáveis pelo desvio de quase 35 mil litros de combustíveis, totalizando um prejuízo estimado em quase R$ 163 mil aos cofres públicos. A Operação tem o intuito de apreender documentos, aparelhos telefônicos e documentos, que comprovem a existência de um esquema montado no setor de transportes da Polícia Civil do Estado do Acre para desviar combustíveis, através da fraude de cartões de abastecimentos.



Em 2019, uma prisão no mesmo setor foi realizada, a do ex-chefe da Divisão de Transportes da Secretaria de Polícia Civil do Acre, Dirceu Hudson Moura da Silva. Após meses de investigação, ele foi suspeito de se apropriar de uma motocicleta apreendida no pátio da polícia.

O nome da Operação “Volta ao Mundo” se refere a enorme quantidade de combustíveis desviado, com os quais seria possível rodar cerca de 350 mil quilômetros de distância, ou seja, mais de nove voltas ao redor da terra.

Leia também: Quatro pessoas são presas no Acre em operação realizada em oito estados contra tráfico de drogas

error: Conteúdo protegido!!!